23 a 27 de Maio - Semana Internacional da Tireoide - IMEB

23 a 27 de Maio - Semana Internacional da Tireoide

Entre os dias 23 e 27 de maio será realizada a “Semana Internacional de Conscientização da Tireoide”. A campanha mundial tem o objetivo de conscientizar o público, imprensa e profissionais de saúde sobre a tireoide e seus distúrbios.

No mundo todo são mais de 300 milhões de pessoas com problemas na glândula tireoide que não fazem tratamento por falta de informação. A Glândula Tireoide localiza-se na base da garganta e seu papel para a regulagem de nosso organismo é fundamental. É responsável pela produção de dois hormônios específicos – tiroxina e tri-iodotironina – que juntos controlam o tempo de queima de energia e consequentemente a velocidade com que acontecem as reações em nosso organismo.

No idoso, os sintomas dos distúrbios da tireoide podem ser confundidos com os da própria idade e não serem adequadamente tratados.  Os distúrbios funcionais da glândula, se não tratados, podem causar complicações graves, entre as quais doenças cardiovasculares. Podem ainda afetar a gestação e o feto em desenvolvimento.

Outro ponto que o Departamento de Tireoide faz questão de lembrar e aproveita a Semana Internacional da Tireoide para fazer um alerta sobre o diagnóstico do hipotireoidismo congênito e a triagem neonatal.
Segundo a Dra Laura Ward, professora da UNICAMP e presidente do Departamento de Tireoide da SBEM, o Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN) foi criado pelo Governo Federal com o objetivo de prover cobertura universal em todo o território nacional e garantir a realização de todas as etapas. As fases vão da coleta até o tratamento e acompanhamento dos casos detectados, com o custeio de todas as etapas pelo Sistema Único de Saúde (Portaria GM/nº. 822).

“Nosso Departamento de Tireoide lançou a campanha pelo dia 3, dia em que se realiza a punção de calcanhar para coleta de sangue do recém-nascido para diagnóstico de doenças congênitas. Entre as doenças o hipotireoidismo o é das mais frequentes (1 caso para cada 3500 recém-nascidos). O hipotireoidismo congênito é doença que pode levar a várias deformidades, além de causar retardo mental. Contudo se for diagnosticado precocemente e tratado de forma adequada tem seus efeitos, totalmente, prevenidos com a simples administração de um comprimido de levotiroxina (o hormônio que deixou de ser fabricado e que podemos repor na quantidade adequada)”, explica a Dra. Laura.

Tipos de disfunção da Glândula Tireoide:

– Hipotireoidismo: Funcionamento lento das funções da glândula que ocasiona cansaço, depressão, ganho de peso de forma inesperada e dores nas articulações.

Hipertireoidismo: Funcionamento acelerado das funções da glândula que ocasiona irritabilidade, insônia, batimentos cardíacos acelerados, fraqueza e perda de peso.

Para saber como está o funcionamento de sua glândula tireoide basta fazer periodicamente o exame de sangue TSH e também exames de ultrassonografia, para diagnosticar nódulos na glândula.

Leia também: Sintomas de Tireoide: descubra se está com problemas na glândula.

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Destaque Notícias

23 de maio de 2016

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas