Dor de garganta, tosse seca e rouquidão podem ser sintomas de refluxo - IMEB

Dor de garganta, tosse seca e rouquidão podem ser sintomas de refluxo

O refluxo faz parte da vida de muita gente, mas só 30% das pessoas que têm o problema sentem sintomas como azia e queimação no estômago

Resultado de imagem para refluxo

O refluxo faz parte da vida de muita gente, mas só 30% das pessoas que têm o problema sentem sintomas como azia e queimação no estômago. Muitas vezes a tosse que não passa, o nariz entupido, a rouquidão e até a dor de dente podem ser sinais importantes da doença. 

O refluxo é a volta do conteúdo estomacal ao esôfago. Alguns alimentos ou hábitos alimentares podem favorecer esse processo. Os principais alimentos que interferem no refluxo são: chocolate, chás e café, bebidas alcoólicas, sorvete, uva e vinho, bebidas gaseificadas e alimentos gordurosos. Além disso, alguns hábitos também podem piorar o refluxo, como comer demais e se deitar após as refeições.

Além dos sintomas típicos (azia e queimação), os pacientes com refluxo apresentam outras manifestações. Os mais imediatos são dor e irritação na garganta, pigarro crônico, tosse seca e rouquidão. Mas pode ir além, como rinite, sinusite, obstrução nasal, sensação de entupimento nos ouvidos, dor de ouvido, sensibilidade nos dentes e até cáries.

Esses sintomas menos típicos são mais intensos porque as regiões não estão preparadas para receber a acidez do estômago. É comum que o conteúdo gástrico vá até a região da garganta: o ácido provoca queimação e inflamação da região. A tosse é seca e chega a ser muito forte. O ácido também pode subir até a região do nariz. Aí começam as crises de rinite e sinusite. A acidez também provoca erosão do esmalte do dente, o que pode facilitar o aparecimento de cáries.

O tratamento é feito a partir da história clínica do paciente. Vai desde mudança na dieta, medicamentos que controlam acidez e cirurgia. Quando há inflamação, no caso dos sintomas menos típicos, remédios para desinflamar também são usados.

Como saber se tenho Refluxo

O diagnóstico da doença do refluxo gastroesofágica é feito baseado nos sintomas e histórico apresentado pelo paciente, mas também pode ser complementada com exames, como:

  • Raio x, para observação dos movimentos do esôfago;
  • Medição do pH em 24 h que relaciona os sintomas apresentados com alterações da acidez do suco gástrico para determinar o numero de vezes que ocorre o refluxo;
  • Cintilografia de refluxo.

O médico mais indicado para diagnosticar e tratar o refluxo é o gastroenterologista, que deve ser procurado em caso de suspeita.

FONTE:

http://g1.globo.com/bemestar/noticia/dor-de-garganta-tosse-seca-e-rouquidao-podem-ser-sintomas-de-refluxo.ghtml

https://www.tuasaude.com/refluxo-gastrico/

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Notícias

18 de agosto de 2017

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas