Especialistas orientam sobre como cuidar da saúde no carnaval - IMEB

Especialistas orientam sobre como cuidar da saúde no carnaval

Em vários pontos do país o carnaval já chegou. É época de relaxar e aproveitar a folia, correr atrás de trio elétrico, fantasiar-se e sair com seu bloco sem ter hora para voltar. Mas justamente por essa fuga da rotina, muitos acabam cometendo exageros e deixando de lado cuidados básicos com a saúde. Pensando nisso, profissionais da área de saúde e especialistas da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) dão esclarecimentos e dicas de como evitar problemas comuns que podem acabar com a alegria do carnaval.

Um dos maiores consumos dos foliões é o álcool, mas o problema não é só a ressaca que compromete o aproveitamento do dia seguinte. Segundo a professora do Departamento de Nutrição da UFJF, Mariana de Melo Cazal, um dos principais problemas causados pelo consumo excessivo de álcool é a hipoglicemia, que pode provocar tonturas e até desmaios.

Além das bebidas alcoólicas, alguns alimentos também podem fazer mal devido ao calor da época. Mariana recomenda que se evite o consumo de comidas pesadas, como frituras e alimentos gordurosos. Em relação às bebidas, o mais adequado é a água, sucos naturais e água de coco, para manter-se hidratado durante todo o carnaval. Já para quem gosta de bebidas alcoólicas o ideal é fazer alternâncias, evitando o estado de embriaguez.

As atividades físicas sem cuidado também podem ser um problema. Mesmo que pareçam parte da festa, correr atrás do trio elétrico, pular e dançar são atividades que devem ser moderadas de acordo com a condição de cada um. Para entender um pouco, o professor da Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) da UFJF, Marcelo Matta, explica que o cansaço, o desgaste muscular acima do normal e até a câimbra são sinais do organismo de que os limites do corpo estão sendo ultrapassados. Caso esses sinais não sejam respeitados, podem ocasionar lesões mais graves.

Para aproveitar o ritmo do carnaval sem lesões, Matta recomenda dosar a carga de atividades, dando pausas quando sentir cansaço, além de manter-se hidratado, alimentar-se bem e deixar o sono em dia mesmo durante as festas. Assim, o folião terá mais energia e conseguirá manter-se ativo por mais tempo. É importante lembrar que em caso de qualquer sensação fora do normal, sejam câimbras ou mal-estar provocado pelo álcool, a primeira coisa a ser feita é sair das aglomerações, ir a algum lugar vazio para repousar e, caso os sintomas forem intensos, procurar atendimento em unidades de saúde.

Já as nutriconistas do Hospital Universitário (HU), Fabiana de Faria Ghetti e Isabela Dariú Macedo, elaboraram receitas de sucos e sanduíche para os foliões se manterem hidratados e alimentados para não perderem os bons momentos da folia.

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Destaque Notícias

8 de fevereiro de 2016

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas