Cereja, a fruta clássica do Natal, ajuda na saúde da pele e melhora sono - IMEB

Cereja, a fruta clássica do Natal, ajuda na saúde da pele e melhora sono

Karin Honorato lista os benefícios da fruta adocicada, com um gosto suave. ‘Possui uma quantidade de vitaminas e minerais enorme’, diz nutricionista.

Muito usada em receitas de Natal, como bolos e tortas, a cereja com um gosto suave, ajuda na saúde da pele e melhora o sono. “Possui uma quantidade de vitaminas e minerais enorme. (…) Consumir uma porção de cereja à noite faz você dormir bem melhor. E, assim, quem dorme bem, claro, tem uma pele mais bonita”, diz a nutricionista.

De acordo com Karin Honorato, o fim do ano é a época da cereja. “A cereja é interessantíssima para a saúde”, conta. Entre as vitaminas da fruta, está a vitamina A, importante para a pele, e as vitaminas C e E, fontes de antioxidantes. Possui também magnésio, potássio, fósforo e até cálcio para os ossos.

“Essa fruta possui inúmeras substâncias ativas anti-inflamatórias e antioxidantes, como também a quercetina, que além disso é antialérgica. Tem também catequinas e antocianinas. São as substâncias mais estudadas para proteger o nosso organismo contra os radicais livres”, afirma a nutricionista.

Além de comer a cereja fresca, uma boa dica é fazer suco da fruta natural e consumir após um exercício físico. “As cerejas aumentam as enzimas desintoxicantes do fígado e ajuda a repor o potássio que, com o suor excessivo aumenta as chances ainda mais de câimbras após o treino”, informa.

A nutricionista alerta para o consumo das cerejas em calda. “Dessa forma, ela não preserva todos os nutrientes, tem grande quantidade de açúcar e muito corante artificial, coisas que não são nada benéficas para a saúde”, destaca. Karin conta que o mais indicado é o consumo da cereja natural, que tem poucas calorias e muitos nutrientes.

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Destaque Notícias

21 de dezembro de 2015

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas