Nossa batalha diária contra o “DR GOOGLE” - IMEB

Nossa batalha diária contra o “DR GOOGLE”

No mês passado, tive o prazer e a honra de iniciar nossa gestão levando informação à população em geral.

Tivemos a oportunidade de participar do programa Bem Estar, exibido todas as manhãs, de segunda a sexta, pela Rede Globo. O tema do programa do dia 9 foi a relação dos exames feitos com raios ionizantes e o câncer, e a produção pediu, então, a minha participação, e a do Dr. Paulo Hoff para tirar dúvidas dos telespectadores e levar luz a questões muito comuns para nós, profissionais, mas nem sempre tão explícitas para as pessoas em geral.

Durante o programa, respondemos a questões como: se a ressonância magnética emite radiação igual aos raios X, esclarecendo a diferença entre os exames, se os raios X em sistema digital emitem radiação e até mesmo se a radiação do micro-ondas pode causar câncer.

Como se percebe, o tema é sensível, chama a atenção das pessoas e precisa ser continuamente elucidado para a população em geral. Ao mesmo tempo em que se trata de um assunto relativamente novo para o grande público, percebemos o quão carente ele é de informações precisas sobre o tema.

Temas como radiologia odontológica e mamografia foram abordados no programa, onde tivemos a oportunidade de destacar a importância da realização da mamografia no diagnóstico precoce do câncer. Foi-nos perguntado como a radiação afeta o comportamento normal das células e mostramos como proteger determinadas regiões do corpo, como olhos , e a tireoide, e a importância de proteger todos os órgãos rádio sensíveis.

Por fim, discutimos a escala de radiação comparativa entre exames, a importância de o exame ser bem indicado e realizações de protocolos adequados, com a redução de fases desnecessárias na tomografia computadorizada, principalmente em crianças.

Acredito que cabe a nós, profissionais da imagem, esclarecer e espalhar as boas mensagens sobre o tema. Com a internet e a tecnologia, a tendência é que as pessoas tenham cada vez mais dúvidas na área médica, e busquem respostas por conta própria no conhecido “Dr. Google”. Eu diria que tivemos a chance, nessa exibição, de falar diretamente com o público e apresentar dados corretos e assertivos, e que precisamos levar essa atitude para nossa rotina.

O contato com o paciente e a elucidação de dúvidas que parecem tolas para nós são essenciais para a melhor prestação de nossos serviços. Além do mais, a proximidade do paciente pode despertar e estimular ainda mais nosso interesse em estudar e laudar seus exames.

Dr. ANTÔNIO SOARES SOUZA,
presidente da Sociedade Paulista de Radiologia
e diagnóstico por imagem (SPR).

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Notícias

22 de julho de 2015

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas