Tonturas, zumbido, cefaleia, náuseas e vômitos são sintomas da LABIRINTITE - IMEB

Tonturas, zumbido, cefaleia, náuseas e vômitos são sintomas da LABIRINTITE

O que é Labirintite?

A labirintite é uma doença do ouvido que afeta o labirinto e suas estruturas responsáveis pela audição (cóclea) e pelo equilíbrio (vestíbulo). As pessoas costumam chamar qualquer distúrbio na região do ouvido interno de labirintite. O termo correto é labirintopatia, sendo labirintite uma delas.

Você sabia que 30% das pessoas no mundo têm labirintite? 

A labirintite, geralmente, é causada por infecção viral ou bacteriana, mas também pode ocorrer devido a lesão na cabeça, alergia, reação a um determinado medicamento ou transtornos na circulação sanguínea, que afetem o ouvido interior ou o cérebro. Outras possíveis causas da labirintite são doenças, envelhecimento, problemas cerebrais ou lesões no sistema visual ou musculoesquelético.

Tonturas, isoladas ou acompanhadas de perda auditiva, zumbido, sensação de ouvido tampado, cefaleia, náuseas e vômitos são sintomas da doença.

Biosom Image

Fatores de risco

Alguns fatores considerados de risco aumentam as chances de uma pessoa desenvolver labirintite, veja:

  • Ter idade acima dos 40 ou 50 anos
  • Hipoglicemia
  • Colesterol alto
  • Hipertensão
  • Diabetes
  • Triglicérides
  • Otite
  • Consumo exacerbado de álcool
  • Tabagismo
  • Consumir café em excesso
  • Uso de medicamentos, como alguns antibióticos, anti-inflamatórios e remédios para estresse e ansiedade
  • Altas taxas de ácido úrico
  • Má alimentação
  • Jejum prolongado
  • Consumir açúcar em excesso.

Prevenção

Mudanças no estilo de vida são fundamentais para prevenir as crises de labirintite. Eis algumas sugestões:

  • Evite ingerir álcool. Se beber, façao com muita moderação
  • Não fume
  • Controle os níveis de colesterol, triglicérides e a glicemia
  • Opte por uma dieta saudável que ajude a manter o peso adequado e equilibrado
  • Não deixe grandes intervalos entre uma refeição e outra
  • Pratique atividade física
  • Ingira bastante líquido
  • Evite beber bebidas gaseificadas
  • Procure administrar, da melhor forma possível, as crises de ansiedade e o estresse.

Sintomas da Labirintite

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Destaque Notícias

30 de agosto de 2016

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas