5 exemplos de como o IMEB utiliza a radiação de maneira racional - IMEB

5 exemplos de como o IMEB utiliza a radiação de maneira racional

O Imagens Médicas de Brasília, fundado em 1988, é uma das principais referências em seus segmentos no Centro-Oeste, que conta com 10 unidades espalhadas pelo Distrito Federal e um portfólio diversificado de serviços, oferecendo maior comodidade e praticidade aos seus pacientes. Além disso, o IMEB adota uma política de uso racional de radiação, seguindo a preocupação das principais sociedades de medicina do mundo em relação a utilização consciente da radiação na saúde. Confira cinco medidas adotadas pela empresa que garantem maior segurança aos paciente e a todos os profissionais envolvidos neste procedimento.

1)TOMOGRAFIAS COMPUTADORIZADAS

Além de priorizar exames que não utilizam radiações ionizantes, como ecografias e as ressonâncias magnéticas, o IMEB conta com modernos equipamentos de Tomografia Computadorizada (CT), que utilizam protocolos de baixa dosagem e reduzem significativamente as doses de exposição. Os profissionais envolvidos no processo também são beneficiados pelas tecnologias de ponta, como através das bombas injetoras automáticas de contraste, que auxiliam os técnicos e fazem com que ela não seja exposto às injeções manuais. Além disso, o Imagens Médicas de Brasília conta com o avançado equipamento de PET/CT, que une as tecnologias de Tomografia Computadorizada à de PET (diagnóstico por emissão de pósitrons), proporcionando exames mais preciso, com uma menor exposição e uma redução significativa aos riscos da radiação.

2)DISCOVERY NM 530C: UM AVANÇO NOS EXAMES CARDIOLÓGICOS

De acordo com dados apresentados pela Sociedade Europeia de Cardiologia, a área é responsável por 40% das exposições à radiação através de exames médicos e equivale a mais de 50% das radiografias de tórax realizadas todos os anos. Por este motivo, os cardiologistas europeus vêm sendo estimulados a reduzir a exposição de seus pacientes, através de documento publicado no European Heart Journal. Já a Sociedade Americana de Medicina Nuclear, publicou um documento oficial promovendo algumas medidas para reduzir a radiação nos exames de Cintilografia Miocárdica. Neste cenário, o IMEB aposta no Discovery NM 530C, considerado um dos maiores avanços na cardiologia nuclear mundial. O moderno equipamento é capaz de realizar exames com muito mais agilidade e precisão, garantindo uma  menor exposição e redução nas doses de radiação administradas.

3)ALTERNATIVAS SEM RADIAÇÃO

Preocupado com os profissionais envolvidos em seu procedimentos, o IMEB disponibiliza todos os equipamentos para proteção individual, assim como um rigoroso acompanhamento das taxas de exposição dos seus trabalhadores, coletadas através de dosímetros e sistema informatizado, com análise sistemática efetuada por físicos da empresa. Desta forma, os exames são realizados com prudência, sem receios e de forma consciente.

4)MAMOGRAFIAS DIGITAIS

A incidência de câncer de mama continua aumentando progressivamente no Brasil, em uma taxa duas vezes maior que as ocorrências mundias. A mortalidade ocasionada pela doença, infelizmente, também segue em constante crescimento. Sabe-se que a principal medida para combater estes números é a detecção precoce da doença, especialmente através de exames de rotina, que tem como principal arma as mamografias. Para este cenário, o IMEB equipou-se com mamógrafos digitais que permitem o controle das doses e a redução da exposição radioativa, com índices bastante inferiores aos mamógrafos analógicos, mais antigos, porém ainda presentes em diversas empresas brasileiras.

5)USO RACIONAL NA MEDICINA NUCLEAR

Os procedimentos de Medicina Nuclear realizados pelo IMEB utilizam equipamentos com detectores mais sensíveis, que proporcionam uma redução de até 50% nas doses de radiofármacos (radiação gama), comparado aos equipamentos tradicionais. Vale ressaltar que a empresa também implementou uma radiofarmácia, com profissional treinado e dedicado ao preparo de radiofármacos, o que reduz a exposição dos técnicos e auxiliares de medicina nuclear. Nestes procedimentos também são estabelecidos protocolos de exames com a menor dose possível, baseado na massa corporal do paciente e com cuidado especial para crianças, mais sensíveis e que merecem maior atenção á exposição radioativa.

Leia também: Mitos e Verdades sobre Medicina Nuclear: o que você precisa saber.

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Destaque Sobre o IMEB

13 de abril de 2016

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas