Se você tem uma tatuagem, cuidado ao fazer uma Ressonância Magnética - IMEB

Se você tem uma tatuagem, cuidado ao fazer uma Ressonância Magnética

Muitas pessoas conhecem alguns dos riscos de se ter uma tatuagem, como doenças infecciosas ou reações alérgicas, mas poucos sabem do perigo que elas causam quando você precisa fazer uma ressonância magnética.

Tatuagens podem dificultar uma ressonância magnética, dependendo dos ingredientes utilizados na tinta e do tamanho da tatuagem. Especialistas dizem que algumas cores de tinta causam mais reação do que outras. Por exemplo, o corante utilizado em tinta de tatuagem vermelha contém ferro, que é magnético e muito sensível aos campos magnéticos usados em aparelhos de ressonância magnética.

Máquinas de ressonância magnética são usadas para localizar tumores e outras anormalidades no corpo humano usando ímãs extremamente fortes. Junto com estes ímãs, o aparelho utiliza frequência de ondas de rádio para fazer com que os prótons nas células do organismo reajam.

Sendo que o ferro da tinta vermelha pode conduzir eletricidade, circuitos de corrente são induzidos quando os campos magnéticos estão mudando rapidamente durante o processo de imagem. Esse fluxo de corrente pode esquentar o metal presente na tinta, talvez o suficiente para queimar.

A tatuagem também pode agir como uma antena, e ficar cada vez mais quente de acordo com a energia que os pigmentos de tinta peguem dos ímãs. A reação pode resultar em inchaço da pele tatuada e da área do redor, assim como uma sensação de calor e irritação mais profunda, na carne. As reações mais graves já relatadas resultaram em queimaduras de primeiro e de segundo grau.

Tatuagens perto dos olhos são particularmente preocupantes, já que a área é muito sensível ao excesso de calor. E isso vale para as tatuagens faciais permanentes como delineador, sobrancelha, entre outros.

Embora qualquer substância metálica represente um risco para a saúde dentro das máquinas de ressonância magnética (até por isso as pessoas com marca-passo cardíaco e implantes de ouvido internos que contém peças de metal não fazem ressonância), o risco de se queimar por causa de tatuagem ainda parece ser baixo e raro.

Ainda assim, os pesquisadores dizem que o melhor conselho é não fazer uma tatuagem. Se você já tem uma e precisa de uma ressonância magnética, informe o seu médico e os técnicos que cuidam do aparelho de ressonância para que eles possam avaliar o risco. Se a tinta da sua tatuagem não contiver ferro, você provavelmente está bastante seguro.

Assista o vídeo abaixo e saiba mais:

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Destaque Notícias

11 de março de 2016

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas