Nódulos mamários: benigno ou maligno? Devo me preocupar? | IMEB

Nódulos mamários: benigno ou maligno? Devo me preocupar?

nódulos mamários, Nódulos mamários: benigno ou maligno? Devo me preocupar?

Nódulo irregular na mama pode ser benigno? Sim, pois os nódulos mamários podem ter várias causas e a maioria não causa câncer de mama, por mais que isso seja um distúrbio frequente em mulheres.

Porém, qualquer alteração anormal da glândula mamária deve ser verificada por um médico o mais rápido possível para que se faça a biópsia e possa dar um diagnóstico mais preciso. Por isso você deve se atentar aos nódulos mamários, se identificar.

Para saber mais e esclarecer suas dúvidas sobre a questão, continue lendo este artigo.

Tipos de nódulos mamários: informe-se e saiba identificar

Existem muitos tipos de massas da mama, perigosas ou inofensivas.

Somente o câncer de mama maligno é considerado cancerígeno. Os demais não são malignos e podem ser facilmente tratados.

  • Cisto mamário simples: pode se localizar perto da superfície ou ainda mais em profundidade, próximo à parede torácica. Muitas vezes se desenvolve antes do início do ciclo menstrual e desaparece após a menstruação. Pode ser causado por um duto de leite dilatado. O que identificar esse tipo de nódulo mamário, em geral, é que o caroço de um cisto é móvel, redondo, liso, duro, grande ou pequeno, além da área circundante poder ser dolorida. Para o tratamento, se usa uma agulha para drenar o cisto, caso não desapareça por si só. Se o médico é duvidoso, é possível efetuar mais análise do líquido drenado. Se o cisto não reaparece dentro de seis semanas após a drenagem, não há nenhuma necessidade de outros tratamentos.
  • Alterações fibrocísticas: sentem-se os nódulos em ambas as mamas. São causadas por alterações hormonais, antes ou durante a menstruação. Muitas vezes, os nódulos estão presentes em ambos os seios e causam dor. Os nódulos mamários podem crescer e se tornar dolorosos antes da menstruação. Em alguns casos, observam-se secreções na mama. Os nódulos podem ser resistentes e elásticos ao toque. Muitas vezes se vê uma protuberância grande ou pequena. É possível tomar analgésicos sem receita para o tratamento desta doença. Em alguns casos, pode ser útil a pílula anticoncepcional.
  • Papilomas intraductal: geralmente se desenvolvem em mulheres com mais de 45 anos de idade. Um papiloma é um tumor benigno devido ao crescimento do duto lactífero. É observado por cima ou ao redor da aréola. Às vezes pode existir sangramento dos mamilos.
  • Fibroadenomas: geralmente esses nódulos são observados próximos à superfície da mama e podem ser sentidos facilmente. Ocorrem frequentemente em adolescentes ou mulheres jovens. Os nódulos mamários durante a gravidez podem ser deste tipo. O fibroadenoma é duro, liso, redondo e move-se facilmente. Entre os sintomas de câncer de mama, existe uma massa que se move e não é dolorosa. Às vezes a doença se cura por si só, caso contrário pode ser necessária a remoção cirúrgica do caroço.
  • Infecção da mama: pode ser causada por uma bactéria ou é causada pelo declínio do duto lactífero inflamado (mastite). Um pequeno nódulo durante a lactação pode ser causado por uma infecção bacteriana. Os sintomas são uma protuberância dolorosa no peito e uma secreção do mamilo. É importante entender se a dor na mama é devido ao nódulo ou as cólicas menstruais que ocorrem antes do ciclo.
  • Necrose gorda: é a deposição de gordura causada por uma lesão da mama resultantes de uma lesão ou uma cirurgia. Entre os sintomas existe a dor no seio que depende do tipo de lesão.

Sinais de que o nódulo mamário pode ser maligno

O nódulo na mama pode ser maligno quando:

  1. Os seios doem ou ficam inchados fora do período pré-menstrual;
  2. Sai alguma secreção pelo mamilo fora da gestação;
  3. Alguma parte do seio fica avermelhada ou coça constantemente;
  4. Um dos seios está maior ou menos redondo que o outro;
  5. Uma porção da pele fica com textura diferente do resto da mama.

Além disso, um nódulo maligno é composto de células de câncer que podem ser perigosas. É muito duro, fixo (sem movimento) e tem uma borda irregular e denteada. Em geral, um tumor maligno da mama é vascularizado, isso permite que as células se espalhem para outras partes do corpo.

Ocorre em mulheres férteis, na puberdade, perto da menopausa ou no pós menopausa. Pode ser localizado próximo à superfície ou no fundo do peito.

Porém, somente a biópsia pode determinar se o nódulo é maligno e a sua gravidade, além de orientar o médico na decisão do melhor tratamento, caso seja necessário.

Quer saber como identificar o câncer de mama? Clique aqui e veja os 5 sinais frequentes.

Nódulos benignos na mama doem?

Em geral, a maioria dos nódulos benignos na mama provocam dor ou desconforto, pois costumam ser causados por algum tipo de inflamação ou infecção no seio, ou até mesmo pela presença de pus no local (abcesso). Porém, nódulos na mama doloridos também podem ser um alerta para câncer de mama.

Na maioria dos casos, o câncer de mama é indolor, principalmente se ainda estiver em estágios iniciais. Mas, quando o nódulo maligno começa a provocar dor, é um indicativo de que o câncer está em estágio avançado.

Por isso, é importante ficar atento aos demais sinais de que o nódulo na mama pode ser maligno, além da dor, como os citados no tópico acima.

Também é fundamental ir em busca de atendimento médico. Somente uma avaliação profissional pode caracterizar adequadamente o tipo do nódulo e realizar o diagnóstico correto da mama.

Percebi a presença de nódulos mamários: quando ir ao médico?

nódulos mamários, Nódulos mamários: benigno ou maligno? Devo me preocupar?

Na presença de um nódulo na mama, mesmo que pequeno, é importante ir ao médico imediatamente porque, caso seja maligno, o nódulo pode crescer muito rapidamente, diminuindo o sucesso do tratamento.

Isso porque, em geral, um tumor maligno da mama é vascularizado, o que permite que as células se espalhem para outras partes do corpo rapidamente.

O médico indicado é o mastologista, que irá prescrever o exame de biópsia e analisar o resultado.

Leia também:

Idade para Mamografia: quando realizar o exame e quem deve fazer?

Entenda mais sobre a biópsia da mama

A biópsia é considerado o exame padrão ouro para o diagnóstico do câncer de mama.

Uma vez identificada pelos exames de imagem, a lesão suspeita deve ser abordada para confirmação histológica avaliação do tecido por microscopia). Para se conseguir uma amostra da lesão, recorremos a biópsia da mesma.

Existem várias modalidades de biópsia que vão desde a introdução de uma fina agulha para aspiração do conteúdo do nódulo, até uma pequena cirurgia com a realização de uma incisão na mama, sob anestesia local, para se chegar até a lesão suspeita, retirando-se um pedaço da mesma.

Você conhece a Core Biopsy? É um tipo de biópsia mais segura, confortável e com uma recuperação mais rápida. Saiba mais sobre o exame aqui.

Além da biópsia, existem outros exames que ajudam no diagnóstico do Câncer de Mama. Clique aqui e leia também: 4 exames que detectam o câncer de mama.

Exames de rotina para a mama

Os exames de rotina para a mama incluem a ultrassonografia, quando a mulher tem menos de 30 anos e apresenta um nódulo mamário, ou a mamografia anual, feita em mulheres com mais de 40 anos, ou a partir dos 35 anos, quando existe histórico de nódulo na mama ou familiares com câncer de mama.

No entanto, a mamografia pode ser utilizado em todas as idades, desde que exista suspeita de câncer de mama.

Já em casos mais específicos, como mamas densas ou mesmo a necessidade de realizar exames complementares ao da Mamografia, a Cintilografia Mamária de Alta Resolução pode ser uma alternativa.

Para saber mais sobre esse exame, e quando ele é indicado, confira este artigo aqui:

Cintilografia Mamária de Alta Resolução: um salto na detecção do câncer de mama

nódulos mamários, Nódulos mamários: benigno ou maligno? Devo me preocupar?

Baixe o Infográfico e conheça os exames que toda mulher deve fazer por faixa etária – IMEB (Imagens Médicas de Brasília)

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fale conosco

Deixe sua mensagem aqui.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?

IMEB -- 2018 © Copyright
Responsável Técnico: Alaor Barra Sobrinho - CRM-DF 3029