4 exames indicados para diagnosticar a menopausa! | IMEB

4 exames indicados para diagnosticar a menopausa!

exames indicados para diagnosticar a menopausa

A menopausa ocorre geralmente entre os 45 e 55 anos e representa a interrupção da menstruação, quando os hormônios femininos – estrogênio e progesterona – têm seus níveis reduzidos drasticamente.

O diagnóstico da menopausa é feito através de resultados de exames e também mediante a observação de certos sinais e sintomas comuns nessa fase.

Alguns dos principais sinais indicativos da proximidade da menopausa são a variação de humor, o espaçamento dos ciclos menstruais, ondas de calor e suores noturnos, entre outros.

Neste artigo você vai conhecer melhor os principais sinais e sintomas indicativos dessa fase e quais os exames indicados para diagnosticar a menopausa.  

 

Principais sintomas da menopausa

Diversos sintomas estão relacionados ao início da fase de menopausa. Alguns mais leves e pouco percebidos, outros mais intensos e incômodos.

E quando essas sensações começam a se tornar mais frequentes, logo passam a ser associadas a essa fase. Em muitos casos, esses indícios acabam sendo tratados em tom de brincadeira entre amigas.

Por exemplo, os sintomas mais comuns e diretamente associados ao diagnóstico da menopausa são as ondas de calor e a variação de humor.

Você já deve ter ouvido alguém reclamando de calor excessivo e receber como resposta: “deve estar na menopausa”. Ainda que seja o sintoma mais frequentemente associado, esse não é o único.

Dentre os sinais mais frequentes, também podemos citar:

  • Insônia.
  • Diminuição da libido.
  • Redução da lubrificação vaginal.
  • Irritabilidade e alterações de humor.
  • Depressão.
  • Dor nos seios, cabeça e articulações.
  • Ansiedade.
  • Fadiga.
  • Ganho de peso.
  • Osteoporose

 

Esses e outros sintomas podem variar de pessoa para pessoa e com o passar do tempo, pois todos estão relacionados à diminuição dos hormônios que são produzidos pelos ovários.

Veja também!

Conheça 10 alimentos que ajudam a prevenir a osteoporose

 

4 exames indicados para diagnosticar a menopausa

Além da observação de sinais e sintomas, é comum que o médico responsável pelo acompanhamento da paciente peça alguns exames para a confirmação do diagnóstico de menopausa.

Em sua maioria, são exames de sangue, que visam avaliar as taxas hormonais. Os principais são:

 

1. FSH

O exame FSH tem a função de medir os níveis do hormônio folículo-estimulante, que é produzido pela glândula pituitária, sendo responsável por controlar o ciclo menstrual e a produção de óvulos.

Apesar de ser mais abundante no organismo feminino, esse hormônio também é produzido pelos homens, mas em valores menores.

No período da menopausa, a taxa de FSH costuma se elevar, indicando assim uma diminuição da produção dos ovários.

Apesar de poder variar entre diferentes métodos de avaliação utilizados pelos laboratórios, em geral o resultado do FSH que indica a menopausa é superior a 30,0 UI/L

 

2. LH

O LH, também chamado de hormônio luteinizante, é o responsável pela ovulação nas mulheres e pela produção de progesterona, que também está relacionada à capacidade reprodutiva.

Também presente nos homens, esse hormônio tem ação sobre os testículos e sobre a produção de espermatozoides.

Valores elevados de LH podem indicar menopausa, principalmente se for associada às altas taxas de FSH.

 

3. Estradiol

O estradiol é outro exame hormonal importante para fechar o diagnóstico da menopausa.

Produzido principalmente nos ovários, esse hormônio é importante para o desenvolvimento das características sexuais nas meninas, além de ser fundamental para viabilizar a gravidez. Níveis muito baixos desse hormônio podem estar relacionados a dificuldade para engravidar ou mesmo a infertilidade.

As taxas de estradiol variam conforme o período menstrual, e quando a mulher chega à menopausa os níveis diminuem definitivamente.

Novamente, apesar de poder haver diferenças de métodos entre os laboratórios, níveis de estradiol constantemente abaixo de 5,5 ng/dL são indicativos de menopausa.

 

4. Prolactina

A prolactina é o hormônio responsável tanto pelo crescimento das mamas na menina quanto por estimular as glândulas mamárias para a produção de leite na fase de gestação e amamentação.

Também presente nos homens, níveis elevados desse hormônio podem estar relacionados a problemas de ereção ou mesmo infertilidade.

Para colaborar no fechamento do quadro da menopausa, é verificado um aumento das taxas desse hormônio.

Observação!

O fechamento do quadro da menopausa é feito levando-se em conta todo o quadro apresentado pela paciente, não apenas valores isolados de exames. E essa avaliação sempre estará a cargo do médico de referência da paciente.

 

5. Outros exames

Além desses citados acima, para confirmação da menopausa, outros exames também podem ser solicitados para investigar possíveis riscos associados a essa fase hormonal da mulher.

É comum, por exemplo, a investigação da saúde dos ossos – fortemente afetada pelas mudanças hormonais – o que geralmente é feito através do exame de densitometria óssea.

As mudanças hormonais desse período dificultam a absorção do cálcio pelas mulheres, levando à diminuição da massa óssea e aumentando o risco de fraturas; a tão falada osteoporose.

Na pós-menopausa, a mulher também pode ser diagnosticada com um quadro chamado de mamas densas. Isso significa que há predominância de tecido glandular nos seios, o que pode aumentar em até 6 vezes o risco de desenvolver câncer de mama.

Para reduzir esse risco, os principais exames preventivos indicados são a mamografia e a ultrassonografia das mamas.

exames importantes para a saude da mulher

Saiba mais!

Saúde da mulher: exames além da mamografia

 

Menopausa: acompanhamento, exames e qualidade de vida

Neste artigo você conheceu os principais sintomas, além dos exames indicados para diagnosticar a menopausa.

Receber esse diagnóstico pode causar apreensão e receio em algumas mulheres, num primeiro momento. Mas é importante entender que a menopausa é um período natural da vida de toda mulher.

Com o devido acompanhamento e a realização dos exames preventivos regulares, é possível atravessar essa fase de transição de maneira mais tranquila, serena e com qualidade de vida.

O IMEB – Imagens Médicas de Brasília – é referência em exames de diagnóstico por imagem no Centro-Oeste e busca todos os dias oferecer a seus pacientes as mais modernas tecnologias e os profissionais mais qualificados.

Caso você esteja em Brasília e Entorno e tenha pedido de exames, faça seu agendamento online agora mesmo e venha cuidar da sua saúde conosco!

Fale conosco

Deixe sua mensagem aqui.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?

IMEB -- 2018 © Copyright
Responsável Técnico: Alaor Barra Sobrinho - CRM-DF 3029