Sintomas de Tireoide: descubra se está com problemas na glândula

sintomas de tireoide

Desconforto ou dor na garganta e no pescoço, presença de caroços ou nódulos na região, formigamento pelo corpo… Está apresentando alguns desses sinais? Então, continue lendo este artigo, pois esses são alguns dos sintomas de tireoide apresentados aqui, que podem indicar que a sua glândula não está funcionando como deveria.

Deve-se sempre ficar atento aos principais sintomas de tireoide. Afinal, ela é uma das glândulas mais importantes do corpo humano, responsável por garantir o equilíbrio do organismo. 

Para ter uma ideia, a tireoide está diretamente relacionada a questões como: peso, memória, regulação dos ciclos menstruais, fertilidade, concentração, humor, controle emocional, entre outras funções do corpo.

Por isso, qualquer alteração na tireoide tem impacto significativo na qualidade de vida.

Confira abaixo os principais sintomas de tireoide e o que fazer para descobrir se está com problemas na glândula!

Como saber se estou com problema de tireoide? 13 principais sinais

Por estar ligada a diversas funções importantes do organismo, problemas e alterações na tireoide costumam gerar sintomas perceptíveis. Mas é preciso saber identificá-los corretamente para que se não passem despercebidos e o problema não se agrave. 

Confira abaixo os principais sintomas de tireoide que você deve se atentar.

1 – Desconforto ou dor na garganta e no pescoço

A tireoide fica localizada no pescoço e, por isso, essa é a principal região que você deve se atentar. 

desconforto ou dor na garganta e no pescoço

(Fonte: Voz da Bahia)

Em geral, a sensação de desconforto ou dor na garganta e no pescoço não é normal e pode ser um indício de que a tireoide está alterada.

2 – Presença de caroços ou nódulos na garganta e pescoço

O tamanho da tireoide também é um dos principais sintomas de que a glândula não está funcionando como deveria. 

Por isso, se passar a mão na região da garganta/pescoço onde está localizada a tireoide e perceber um alto relevo, em uma consistência mais rígida, semelhante a um caroço ou nódulo, é preciso verificar se é um sintoma benigno ou maligno.

No vídeo abaixo, o Dr. Renato, médico especialista em Medicina Nuclear do IMEB, explica melhor sobre o nódulo na tireoide e seu diagnóstico. Assista:

3 – Dificuldade para se concentrar, memorizar e lembrar

A tireoide também ajuda a regular o funcionamento do cérebro. Por isso, alterações na glândula costumam causar sintomas perceptíveis no dia a dia, como dificuldade de concentração e memorização, além de esquecimentos constantes.

4 – Queda de cabelo

A queda de cabelo é um sintoma comum e pode estar ligada a diversos fatores, além da tireoide. Porém, quando esse sintoma é frequente e se prolonga por muito tempo, pode ser um indicativo de problema no funcionamento da glândula.

5 – Pele seca e coceira

Este também é um sintoma frequente em muitas pessoas e que pode não estar ligado especificamente a alterações na tireoide. Porém, quando a pele seca ou a coceira surgem em épocas atípicas (como em situações onde o tempo não está frio ou o clima não está seco), pode ser um sintoma de tireoide.

6 – Aumento ou perda de peso sem razão aparente

Caso você não esteja praticando alguma ação para aumentar ou diminuir o seu peso nas últimas semanas (como atividades físicas ou dietas) e, mesmo assim, percebeu alterações na balança ou no seu físico, esse é um indício de problemas no funcionamento da tireoide.

Afinal, a glândula também está relacionada com o metabolismo e mudanças inesperadas no acúmulo de gordura no corpo podem indicar alterações na tireoide.

7 – Sonolência e cansaço constante

Quando a tireoide não está funcionando bem e o metabolismo desacelera, é comum sentir sonolência durante o dia todo e cansaço excessivo, como se necessitasse sempre de mais horas de sono por noite para se sentir descansado e disposto na rotina.

8 – Dores musculares, pontadas e formigamento no corpo

A produção inadequada de hormônios pela tireoide pode prejudicar o funcionamento dos nervos espalhados pelo organismo. Com isso, alguns sintomas incômodos podem surgir, como dores musculares ou formigamentos sem explicação, além da sensação de pontadas pelo corpo.

9 – Alterações emocionais e de humor

Aspectos emocionais e mentais também estão diretamente ligados ao funcionamento da tireoide, pois ela auxilia no controle dos níveis de serotonina do organismo, conhecido como o hormônio do bem-estar

Por isso, sintomas como irritabilidade, ansiedade, agitação, tristeza constante e até mesmo quadros de depressão podem ter relação com alterações na tireoide.

10 – Problemas de digestão e prisão de ventre

Em muitos casos, o mau funcionamento do intestino também pode ter relação com a tireoide, especialmente se o problema continuar mesmo após esforços para melhorar o quadro (como adaptação da alimentação ou prática de exercícios físicos).

Por isso, se você está apresentando problemas de digestão ou prisão de ventre nesse contexto, que não costumava ter, isso também pode ser um sinal de alterações na tireoide.

Leia também:

Má alimentação: consequências, riscos e doenças que pode causar

11 – Palpitações e pressão alta

A tireoide também ajuda a regular as funções cardiovasculares do organismo. Por isso, alterações nas palpitações (como coração batendo mais devagar) ou aumento da pressão e dos níveis de colesterol no organismo podem ser preocupantes, especialmente se persistirem por mais tempo que o normal.

Saiba aqui quais são as doenças cardíacas mais comuns

12 – Perda de desejo sexual e falta de libido

O funcionamento inadequado da tireoide impacta diretamente nos níveis de um hormônio importante para a manutenção da libido: a prolactina

Com isso, pessoas com alterações na glândula também podem começar a apresentar falta de desejo sexual.

13 – Crescimento abaixo do normal

Como a tireoide também auxilia na regulação do metabolismo e dos hormônios de crescimento, um sintoma comum de mau funcionamento da glândula é o crescimento abaixo do esperado para determinada idade, sendo um sinal mais perceptível em crianças e adolescentes.

Leia também:

Distúrbios de tireoide em mulheres: como identificá-los

Problema na tireoide é grave? O que pode ser?

Em geral, alterações na glândula estão relacionadas à hiperatividade da tireoide (quando há a produção de hormônios em excesso, condição chamada de hipertireoidismo) ou à baixa atividade da tireoide (quando a glândula não produz quantidades suficientes de hormônios, condição conhecida como hipotireoidismo).

Essas são as patologias mais comuns que estão ligadas a problemas na glândula. 

Porém, alterações anormais na tireoide também podem ter relação com outros problemas, como:

  • Tireoidite: inflamação da glândula tireoide;
  • Nódulo de Tireoide: caracteriza-se por ser um caroço sólido ou cheio de líquido na região da garganta/pescoço, que pode ser benigno ou maligno;
  • Câncer da Tireoide: tipo de tumor mais frequente nas mulheres e está relacionada também à presença de nódulos na tireoide, quando são malignos.

É importante ressaltar que a presença de nódulos na tireoide não é considerada uma condição grave a princípio, já que trata-se de uma questão comum e benigna na população brasileira (em torno de 60% dos brasileiros apresentam nódulo na tireoide em algum momento da vida, sendo que apenas 5% são malignos).

Saiba mais sobre o Hipertireoidismo aqui.

Estou apresentando sintomas de tireoide: o que fazer?

Caso apresente algum dos sintomas de tireoide, é importante ir em busca da avaliação dos sinais com um especialista endocrinologista. Somente o profissional pode realizar o diagnóstico correto dos sintomas e determinar a causa exata das alterações na glândula.

Para o diagnóstico, o médico irá analisar sintomas de tireoide clínicos e realizar exames físicos (como apalpar a região em busca de alguns sinais), além de solicitar exames de sangue e também alguns exames de imagem específicos, como ultrassonografia (ou ecografia) da tireoide, cintilografia da tireoide e pulsão da tireoide.

Esses procedimentos vão ajudar a medir os níveis dos hormônios da tireoide no organismo, além de verificar a presença e o tamanho de possíveis nódulos ou células cancerígenas.

No vídeo abaixo, o Dr. Renato explica melhor sobre o diagnóstico de doenças da tireoide e os exames indicados. Assista:

Os principais exames de imagem para o diagnóstico de problemas na tireoide estão disponíveis no IMEB – Imagens Médicas de Brasília. Você pode agendar o seu exame agora mesmo em uma de nossas unidades aqui.

O tratamento da tireoide vai depender dos resultados do diagnóstico. Costumam ser prescritos remédios que irão ajudar a regular a função da tireoide.

Em quadros mais graves, pode ser recomendado o procedimento cirúrgico para remoção da glândula. Nesses casos, o paciente precisa realizar reposição hormonal durante toda a vida, para garantir o funcionamento hormonal e endócrino do organismo.

Leia também: O que considerar para obter confiança em um diagnóstico?

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fale conosco

Deixe sua mensagem aqui.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?

IMEB -- 2018 © Copyright
Responsável Técnico: Alaor Barra Sobrinho - CRM-DF 3029