Saiba como prevenir doenças cardíacas com pequenos atos | IMEB

Saiba como prevenir doenças cardíacas com pequenos atos

como prevenir doenças cardíacas, Saiba como prevenir doenças cardíacas com pequenos atos

De acordo com a OMS, “as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo: mais pessoas morrem anualmente por essas enfermidades do que por qualquer outra causa.”

As doenças cardíacas podem estar relacionadas a diversos fatores, inclusive hereditários. Portanto, nem sempre é possível apontar com precisão uma única causa ou a raiz da patologia. No entanto, sabe-se que a grande maioria dessas doenças pode ser evitada com hábitos saudáveis. 

Pequenos atos que não parecem ter importância, somados a uma vida inteira, têm o poder de melhorar a saúde do seu coração e prevenir contra várias doenças relacionadas. Quer saber quais são eles? Acompanhe a leitura até o final. 

Tome sol 

Tomar sol é a principal fonte de vitamina D para o corpo humano. Por causa do estilo de vida moderno, sempre cercado de muros e dentro de ambientes fechados, muitas pessoas apresentam déficit de vitamina D. 

Tal déficit é extremamente prejudicial e pode ser um fator de risco para ataques cardíacos, já que a vitamina D no organismo atua também no controle de contrações dos músculos cardíacos e permite o relaxamento dos vasos sanguíneos. A ausência dela, portanto, pode causar o acúmulo de cálcio nas artérias, formando placas que impedem a circulação sanguínea livre. 

Durma de sete a oito horas por dia

O sono é outro item muito importante para a saúde cardíaca que está em risco com o estilo de vida moderno sempre agitado. Apesar de parecer trivial para o coração, estudos publicados pelo European Heart Journal apontaram que pessoas que dormiam menos de 6 horas por dia tinham o risco 48% maior de desenvolver doenças cardiovasculares.

Conforme o estudo, o excesso de sono também pode ser prejudicial ao coração. O recomendado é de seis a oito horas diárias de sono. 

Evite cigarro e álcool

Drogas lícitas como o cigarro e o álcool são velhos inimigos da saúde cardiovascular – o etanol presente nas bebidas alcoólicas danifica as células do coração e também está associado ao desenvolvimento de arritmia. Por sua vez, a nicotina presente no tabaco pode aumentar a frequência cardíaca e arterial, favorecendo um ataque cardíaco. 

Monitore a sua pressão arterial

Monitorar a pressão constantemente é uma excelente prática para se prevenir contra problemas cardiovasculares. Especialmente para pessoas com idade avançada, é importantíssimo medir a pressão com frequência para acompanhar possíveis oscilações e movimentos repentinos que podem oferecer risco

Evite alimentos gordurosos e muito salgados

Os alimentos gordurosos, principalmente com gorduras trans e saturadas, também podem criar placas que obstruem o fluxo sanguíneo, facilitando ataques cardíacos. Já o sal pode aumentar a pressão arterial de maneira indevida. 

Cuide do seu peso

Assim como cuidar da alimentação é superimportante para se prevenir contra doenças cardíacas, cuidar do seu peso faz parte do mesmo princípio, A obesidade é um dos principais fatores de risco para doenças coronárias devido à associação com outras comorbidades como hipertensão, diabetes e colesterol alto. 

Faça exercícios físicos

Além de serem fundamentais para manter um peso saudável, exercícios físicos reduzem a pressão arterial, melhoram o sono, diminuem o colesterol e o estresse. Não é difícil entender porque a prática de exercícios físicos é um excelente hábito de prevenção contra doenças cardíacas, concorda? 

Cuidado com o estresse 

O estresse, apesar de não ter influência direta para doenças cardíacas, é um dos principais catalisadores de vários fatores de risco: obesidade, tabagismo, alcoolismo, distúrbios do sono. Portanto, controlar o estresse é essencial para que os pequenos atos de prevenção sejam eficazes.

Para explorar um pouco mais esses e outros hábitos saudáveis para prevenir problemas cardíacos, assista o vídeo abaixo, com 5 dicas do Dr. Renato Barra.

 

E aí, viu como pequenas atitudes podem te proteger de doenças cardíacas graves? 

 

Apesar desses hábitos serem muito positivos para a prevenção, NENHUM DELES SUBSTITUI O ACOMPANHAMENTO COM UM MÉDICO. Cuide da sua saúde em casa e no dia a dia, mas não deixe de fazer o check-up com seu cardiologista.

 

Se você já tiver o pedido dos exames de check-up em mãos, CLIQUE AQUI para marcar um horário no IMEB. 

 

Leia também

Doenças cardíacas: quais são as mais comuns?

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fale conosco

Deixe sua mensagem aqui.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?

IMEB -- 2018 © Copyright
Responsável Técnico: Alaor Barra Sobrinho - CRM-DF 3029