Os 10 principais sintomas de câncer que toda mulher precisa saber - IMEB

Os 10 principais sintomas de câncer que toda mulher precisa saber

O câncer pode apresentar diversos sintomas, uns mais óbvios e outros sutis. Por esse motivo é importante consultar o médico periodicamente e realizar exames de check-up todo ano.   

Neste post vamos abordar alguns sintomas de alerta para mulheres,  é muito importante que a mulher esteja sempre atenta ao seu corpo e frente a qualquer sintoma suspeito persistente, procure seu médico.

Os cânceres ginecológicos podem apresentar sintomas logo no início da doença. Embora os sintomas descritos abaixo possam estar presentes em cânceres ginecológicos, a sua presença de maneira alguma é um indicativo absoluto da doença. 

Leia também: 

Dor pélvica é um sintoma de câncer?

Dor pélvica é uma dor ou pressão abaixo do umbigo. Pode ser persistente e não ocorre apenas durante o período pré-menstrual. A dor pélvica pode estar associada a vários tipos de câncer, como o câncer de endométrio, câncer de ovário, câncer de colo do útero, câncer de vagina e câncer das trompas de Falópio.

Dor pélvica é um sintoma de câncer?

Inchaço abdominal é um sintoma de câncer?

O inchaço abdominal e flatulência são sintomas que podem estar presentes em casos de câncer de ovário. Esses sintomas costumam ser os mais ignorados pelas mulheres, apesar de causar bastante incômodo.

Leia também: Remédios para emagrecer e cirurgia bariátrica

Dores nas costas são sintomas de câncer? 

Um dos sintomas do câncer de ovário pode ser a dor lombar persistente, na parte inferior das costas, e algumas mulheres a descrevem como uma dor intensa, semelhante ao trabalho de parto.

Sangramento vaginal anormal é sintoma de câncer?

O sangramento vaginal anormal é o sintoma mais comum dos cânceres ginecológicos como câncer de colo de útero e câncer de endométrio. Menstruações muito intensas, sangramento entre os períodos menstruais, além de sangramento durante e após a relação sexual são considerados anormais. Esse tipo de sangramento pode estar associado ao câncer de colo do útero, câncer de útero e mais raramente câncer de ovário.

Sangramento vaginal anormal é sintoma de câncer?

Febre alta é sintoma de câncer?

Uma febre persistente, que dura mais de 7 dias, deve ser investigada. Além de ser um sintoma de várias doenças infecciosas, a febre persistente pode ser também um sintoma de câncer, embora relativamente raro.

Leia também: Ressonância Magnética: como funciona e o que é?

Dores de estômago ou alterações intestinais são sintomas de câncer? 

Uma mudança significativa e súbita no hábito intestinal, como sangue nas fezes, gases, prisão de ventre ou diarreia, pode ser sintoma de câncer de colorretal ou algum outro câncer ginecológico.

Perda de peso é sintoma de câncer?

Perder 10 kg ou mais sem estar fazendo uma dieta pode ser uma surpresa agradável, mas não costuma ser normal. Embora o peso possa flutuar ao longo do mês, mudanças muito pronunciadas precisam ser investigadas.

Perda de peso é sintoma de câncer?

Anormalidades na vulva ou vagina é sintoma de câncer?

Anormalidades como feridas, bolhas ou alterações na cor da pele devem sempre ser investigadas. Fique de olho, e se surgir alguma alteração na vulva ou vagina, procure um médico.

Alterações na mama são sintomas de câncer?

Faça o autoexame das mamas mensalmente, e se notar alguma alteração como nódulos, dor, secreção, ondulações, vermelhidão ou inchaço ou inversão do mamilo, procure seu médico o mais rápido possível.

Leia também: Doenças do coração: sintomas e quais são as mais comuns?

Fadiga é um sintoma de câncer? 

A fadiga é o sintoma mais comum de qualquer tipo de câncer, embora seja muito comum em diversas doenças não cancerosas. Costuma ser mais frequente quando a doença está num estágio mais avançado, mas às vezes pode ocorrer em fases iniciais. Fadiga que impeça realizar as atividades normais do dia a dia precisa ser avaliada por um médico.

Leia também: Dor nas articulações: Causas e o que pode ser?

Marque seu Exame - IMEB
Marque seu Exame no IMEB – Imagens Médicas de Brasília

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Combate ao câncer

14 de novembro de 2017

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas