PET-CT para câncer de mama: quando é indicado -

PET-CT para câncer de mama: quando é indicado

O PET-CT é um exame de imagem seguro, indolor e não invasivo, capaz de gerar imagens de alta precisão para analisar o funcionamento, o metabolismo e a anatomia de órgãos e tecidos afetados.

O exame é indicado para pacientes com alta suspeita de câncer, assim como para acompanhar a evolução do tratamento em pessoas que já foram diagnosticadas com a doença. Além disso, o PET-CT é ideal para identificar metástases e detectar casos de recorrência tumoral.

Por esse motivo, o exame PET-CT é um exame que pode ser muito importante nos quadros de pacientes com câncer de mama avançado.

No artigo a seguir, vamos descobrir as vantagens do exame e como ele é realizado.

Acompanhe!

Como funciona o PET-CT?

O PET/CT é um exame de imagem da área da medicina nuclear, altamente sofisticado, indicado para o diagnóstico precoce de pacientes com alta suspeita de câncer, assim como para acompanhar a evolução da doença já diagnosticada.

Por meio desse exame, é possível diagnosticar a presença e o comportamento de tumores, avaliando a atividade metabólica das células, antes mesmo que essas lesões se desenvolvam e se espalhem para outras áreas do corpo.

O PET-CT também é útil para identificar a existência de metástases e para diferenciar nódulos benignos e malignos.

Isso é possível porque o exame combina duas modalidades de exame de imagem, utilizando recursos de diagnóstico da medicina nuclear e da radiologia:

  • A tomografia por emissão de pósitrons (PET em inglês) permite identificar alterações metabólicas e funcionais em órgãos e tecidos.
  • A tomografia computadorizada (CT em inglês) é responsável pela captação da parte anatômica das áreas examinadas.

Essa combinação de imagens gera uma terceira, com alto grau de detalhamento, analisando a fisiologia, metabolismo e anatomia das áreas estudadas.

Além desse uso na área da oncologia (especialidade que trata casos de câncer), o PET-CT também é usado para diagnóstico de doenças neurológicas ou psiquiátricas, como epilepsia e demência, e também na cardiologia, para investigar doenças inflamatórias do coração ou viabilidade miocárdica.

Conheça tudo o que o exame de PET-CT é capaz de diagnosticar acessando este artigo do nosso Blog?

👉 Quer saber como é feito o exame? Neste vídeo do nosso canal do YouTube, o Dr. Renato explica em detalhes o procedimento. Clique para assistir:

PET-CT para câncer de mama avançado

O PET-CT é um tipo de exame que tem indicações bastante específicas. Ele não é recomendado como exame inicial para avaliar a presença de câncer. Isso porque esse exame identifica áreas do corpo em que o metabolismo está alterado e, por isso, pode acabar identificando locais com presença de infecções, inflamações, resultando em resultados falsos positivos.

Por isso, o PET/CT é indicado para casos com alta suspeita de câncer ou quando a doença está em estágio avançado, como nos quadros de câncer de mama avançado.

Nesse sentido, o PET-CT pode ser útil para:

1. Localizar e detectar metástases

A metástase é a formação de um novo tumor a partir do tumor primário. Isso acontece porque as células cancerosas entram na corrente sanguínea ou nos vasos linfáticos e  viajam pelo corpo, invadindo outros órgãos.

No caso do câncer de mama, os principais locais atingidos por metástases são os ossos, cérebro, fígado e pulmões.

A vantagem do PET-CT é sua capacidade de avaliar e detectar lesões metastáticas no corpo inteiro com um único exame. Além disso, o procedimento localiza metástases que outros exames de imagem não são capazes de identificar.

Conheça estes outros 4 importantes exames para investigar o câncer de mama!

2. Monitorar a resposta ao tratamento

Neste caso, o PET-CT pode atuar de duas maneiras: para acompanhar a evolução do tratamento, indicando se o tumor está aumentando ou diminuindo de tamanho, ou ainda para demonstrar, de forma precoce, as chances de resposta ao tratamento, bem como direcionando as melhores abordagens que podem ser tomadas.

3. Controle da recorrência tumoral

O PET-CT também é indicado para controlar uma possível recorrência tumoral, ou seja, casos onde a paciente já tratou do câncer de mama, porém, há suspeita do retorno da doença.

Essa recorrência pode ser tanto locorregional – quando a reincidência do câncer ocorre exatamente no mesmo local de origem – quanto metastática, o que significa que o tumor atingiu tecidos e órgãos mais distantes do tumor primário.

O exame é eficiente para demonstrar essas lesões, assim como para discriminar se as alterações são decorrentes do tratamento realizado anteriormente ou de um possível retorno do tumor.

👉 Neste outro vídeo, o Dr. Renato explica a importância do PET-CT para pacientes com câncer de mama em estágio avançado. Assista!

Exames para o câncer de mama: procure o IMEB!

Como vimos no artigo, o exame PET-CT para câncer de mama avançado pode ser um importante aliado na detecção de metástases e casos onde há a possibilidade de recorrência tumoral, já que, em quadros de câncer, o diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento.

Por isso, é muito importante que pacientes que se recuperaram do câncer de mama façam exames de acompanhamento regularmente.

E para isso, você pode contar com o IMEB. Somos especialistas em exames de diagnóstico por imagem, entre eles o PET-CT.

Oferecemos aos nossos pacientes as mais modernas tecnologias disponíveis, além de um time de profissionais experientes e atenciosos, para que você tenha sempre o diagnóstico mais seguro e confiável.

Caso você esteja em Brasília ou no Entorno e tenha exames de imagem solicitados, agende seu exame agora mesmo!

QUERO AGENDAR MEUS EXAMES NO IMEB

Também atendemos diversos convênios. Consulte a lista abaixo para ver se o seu plano está incluído.

LISTA DE CONVÊNIOS

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: PET-CT

19 de novembro de 2021

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas