Tomografia com ou sem contraste: descubra as diferenças | IMEB

Tomografia com ou sem contraste: descubra as diferenças

Tomografia com ou sem contraste: descubra as diferenças

A tomografia é um dos mais importantes exames de diagnóstico por imagem, tornando possível a análise de diversas áreas do corpo, como órgãos, tecidos e ossos.

Esse exame pode ser realizado com ou sem o uso de contraste, uma substância que faz com que as áreas analisadas apareçam mais nítidas nas imagens, facilitando a visualização e tornando o resultado mais preciso e seguro.

Por mais seguro que seja, o uso do contraste ainda gera receio em algumas pessoas, por possíveis reações que ele pode causar, apesar dos riscos serem mínimos.

Por isso, neste artigo vamos entender quando o contraste é necessário, quais os tipos utilizados na tomografia e os cuidados e preparos necessários para a realização do exame.

 

Quando é preciso usar contraste na tomografia?

Como dito acima, o uso do contraste nos exames de tomografia contribui para um diagnóstico mais preciso de diversas doenças por possibilitar a obtenção de imagens mais nítidas e destacadas.

Essa substância química é utilizada quando é preciso realçar áreas específicas do corpo e  promover a diferenciação entre áreas saudáveis daqueles que possuem alterações causadas por doenças, lesões ou processos inflamatórios.

Isso ocorre porque algumas partes do corpo, como rim, estômago e vasos sanguíneos, não têm densidade suficiente para aparecerem de forma clara em exames de imagem, já que imagens radiográficas são formadas de acordo com a rigidez do tecido.

Já que recebem menos radiação — portanto, aparecem escuros na imagem — o contraste é o responsável por fazer com que esses órgãos apareçam de maneira mais clara no exame.

 

Quer saber as inúmeras possibilidades em que a tomografia pode ser empregada? Então não deixe de conferir este artigo do nosso Blog!

 

Como é feita a tomografia com contraste?

A realização do exame com contraste é muito semelhante à forma sem o uso da substância.

A principal forma de administração é por via intravenosa, sendo que o primeiro passo é estabelecer o acesso venoso por onde será injetado o contraste no momento do exame.

Após isso, o paciente é acomodado deitado na mesa do aparelho, em posição que pode variar de acordo com a área que será avaliada, como membros inferiores, membros superiores, cabeça, ombro.

 

Tomografia com ou sem contraste: descubra as diferençasImagem de divulgação / GE

 

Com o paciente já no tomógrafo, as imagens começam a ser captadas. É emitida uma quantidade segura e controlada de radiação, a fim de captar imagens transversais, como se estivessem em fatias, para serem analisadas em diversos ângulos.

Apesar de ser um exame rápido, é recomendado que o paciente permaneça imóvel durante sua realização, para não prejudicar a qualidade do resultado.

 

Se você ainda tem alguma dúvida ou receio quanto ao uso do contraste em exames de tomografia, não deixe de conferir este artigo e esclarecer suas dúvidas!

 

Quais os tipos de contraste usados na tomografia?

O tipo de contraste mais utilizado nos exames de tomografia é à base de iodo (contraste iodado), sendo importante na avaliação de órgãos do sistema digestivo, urinário, vasos sanguíneos e útero.

Apesar de ser raro acontecer, o uso de contraste iodado pode causar algumas reações alérgicas. No entanto, a utilização da substância é segura, desde que administrada nas dosagens mínimas necessárias. 

A maioria dos sintomas são temporários, e alguns dos principais efeitos colaterais do contraste iodado são:

  • Sensação de calor no corpo; 
  • Coceira e vermelhidão na pele.
  • Náuseas e vômitos.
  • Dores de cabeça e tontura.
  • Falta de ar.
  • Aumento da pressão arterial e arritmias.

 

Após o término do exame, o contraste é eliminado através da urina em algumas horas, com maior ou menor velocidade, a depender do metabolismo de cada paciente. Para ajudar a acelerar esse processo, é recomendada a ingestão de líquidos e alimentos com ação diurética.

Pelo fato de seu principal composto químico ser o iodo, esse tipo de contraste é contraindicado para pacientes com insuficiência renal e que tiveram reações alérgicas anteriores ao seu uso.

Já no caso de pacientes grávidas, é necessário avaliar com o médico obstetra.

 

Quer conhecer em mais detalhes as possíveis reações com o uso do contraste? Então clique para conferir este outro artigo!

 

Preparos e cuidados para fazer tomografia?

Para realizar a tomografia com contraste, alguns preparos podem ser solicitados, principalmente em casos que exigem atenção especial, como pacientes asmáticos e alérgicos.

Nessas situações, é comum o radiologista realizar um questionário com o paciente, para saber sobre possíveis casos de alergia a medicamentos e alimentos, histórico de asma ou reação ao contraste em exames anteriores.

Dependendo do caso, pode ser necessária uma preparação antialérgica antes de fazer o exame, com indicação de uso de alguns medicamentos, como anti-histamínicos, antialérgicos e corticóides.

O principal cuidado que se deve ter após a realização da tomografia com contraste, como foi dito anteriormente, é aumentar a ingestão de líquidos e alimentos com maior concentração de água, como frutas. Dessa forma, o contraste é expelido pelo corpo com mais rapidez, já que é eliminado pela urina.

 

Quer conhecer as principais perguntas feitas pelos pacientes sobre o uso do contraste em exames de imagem? Listamos as principais neste artigo!

 

Onde fazer tomografia com contraste em Brasília?

Agora que você viu a importância do uso de contraste na tomografia e como sua utilização contribui para um diagnóstico mais preciso e claro de diversas doenças, é necessário selecionar um local de confiança para realizar seu exame de imagem — com ou sem uso de contraste —, que tenha profissionais bem-preparados e os aparelhos mais modernos.

O IMEB é referência no Centro-Oeste em exames de diagnóstico por imagem. Nosso atendimento, sempre humanizado e atencioso, é realizado por profissionais capacitados, que prezam pela excelência em levar até você o melhor cuidado.

Como cuidado a mais, em tempos de pandemia, o IMEB instalou em suas salas de tomografia um sistema de descontaminação por luz ultravioleta tipo C (UV-C). Esse sistema consiste em usar um conjunto de lâmpadas ultravioleta que neutralizam vírus e bactérias.

Caso você esteja em Brasília ou no Entorno e tenha exames de imagem solicitados, agende online agora mesmo e venha se cuidar conosco!

 

QUERO AGENDAR MEUS EXAMES NO IMEB

 

Também atendemos diversos convênios em nossas unidades. 

 

Clique aqui e veja quais os convênios atendidos

Fale conosco

Deixe sua mensagem aqui.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?

IMEB -- 2018 © Copyright
Responsável Técnico: Alaor Barra Sobrinho - CRM-DF 3029