Core Biopsy: o que é e como é feito o exame? - IMEB

Core Biopsy: o que é e como é feito o exame?

O exame de core biopsy representa uma grande evolução no diagnóstico de tumores e nódulos malignos no organismo, especialmente na mama. Trata-se de um tipo de biópsia mais segura, confortável e que oferece uma recuperação mais rápida para pacientes.

Mas o que é a core biopsy, exatamente? Como o exame é feito? Causa dor? Deixa alguma cicatriz? E os resultados, demoram?

Continue lendo para esclarecer essas e outras dúvidas sobre o procedimento, para minimizar algum receio ou medo da core biopsy. Confira!

O que é Core Biopsy e para que serve o exame?

A core biopsy é conhecida como biópsia de fragmentos, pois o exame retira pequenos fragmentos milimétricos da região do corpo com suspeita cancerígena e depois os encaminha para avaliação do patologista. Por permitir coletar várias amostras do tecido, a Core Biopsy reduz as chances de resultados falso-negativos.

O procedimento é indicado após identificadas algumas alterações suspeitas em exames de imagem, como ultrassonografia/ecografia ou mamografia (no caso da core biopsy da mama). 

Então, a partir da core biópsia, o patologista consegue determinar se essas alterações são benignas ou malignas.

Além disso, como o Dr. Renato, médico do IMEB, explicou no vídeo acima, a core biopsy também utiliza uma agulha para a coleta dos fragmentos, geralmente mais grossa que as utilizadas em outros tipos de biópsias mamárias (por isso o exame também recebe o nome de biópsia de fragmento com agulha – BFA) . 

Durante o procedimento, as mesmas tecnologias de imagem (ultrassonografia/ecografia ou mamografia) são utilizadas para guiar o posicionamento da agulha de forma segura e precisa.

Outra grande vantagem do exame em relação a biópsia cirúrgica comum (ou biópsia aberta) é que a core biopsy permite um diagnóstico precoce de lesões cancerígenas no tecido, o que evita a realização de biópsias desnecessárias.

O exame também pode ser realizado em nível ambulatorial (sem necessidade de internação), além de ser menos invasivo e sem pontos

ebook-cancer-de-mama-imeb
E-Book – Tudo Sobre o Câncer de Mama!

Qual a diferença entre a Mamotomia e a Core Biopsy?

Essa é uma dúvida comum entre pacientes, pois ambos os exames são solicitados por médicos para avaliar as mamas. Porém, enquanto a mamotomia é um tipo de biópsia mamária indicada para nódulos ou lesões de pequenas dimensões, a core biopsy só é recomendada para nódulos maiores e lesões de grandes dimensões na mama.

Core Biopsy de mama dói?

A dor é relativa e pode variar de paciente para paciente. Porém, a core biopsy de mama costuma ser bem tolerada pela maioria das pacientes e não causa dor, pois é realizada com anestesia local, para diminuir desconfortos durante o exame.

Então, não precisa ter medo da core biópsia. Se sentir qualquer incômodo durante a realização do procedimento, basta avisar ao médico que ele irá tomar as medidas necessárias.

Como é feito o exame de Core Biopsy?

como é feito o exame de core biopsy (1)

Para a realização da core biopsy, é fundamental a administração de anestesia local antes de iniciar o procedimento. Assim, o anestésico elimina a sensação de dor e o que o paciente poderá sentir será uma leve pressão.

Com a região anestesiada, o médico insere a agulha no tecido (junto à pistola especial da core biopsy) e coleta os fragmentos que serão utilizados para a análise anatomopatológica em laboratório (geralmente são retirados de 3 a 6 fragmentos, a depender do tipo de nódulo e da amostra coletada).

Após a finalização do procedimento, uma compressa é colocada sobre o local do corte para evitar sangramentos e, logo em seguida, é feito um curativo.

Em geral, é comum que se forme uma pequena cicatriz (semelhante a um pequeno corte), no local de introdução da agulha. 

Porém, o procedimento é minimamente invasivo e não necessita pontos.

Quanto tempo demora uma core biópsia de mama?

A core biópsia é rápida e o exame dura cerca de 20 minutos em média, podendo demorar mais ou menos de acordo com cada caso e com o quadro do paciente.

Preparo do exame

  • Não é necessário jejum, sendo recomendado apenas uma alimentação leve antes do exame;
  • No caso de core biópsia da mama, deve-se evitar passar cremes ou qualquer produto nos seios no dia do procedimento;
  • Recomenda-se suspender a utilização de medicamentos anticoagulantes (como heparina, AAS, entre outros), pelo menos 5 dias antes da realização do exame;
  • É indicado levar exames anteriores.

Precisa realizar um exame de core biopsy? Clique aqui e agende agora mesmo o seu exame em uma das unidades do IMEB – Imagens Médicas de Brasília. Nós somos referência em diagnóstico por imagem no Centro-Oeste, a oferecer para os nossos pacientes o que há de mais moderno em medicina nuclear e atendimento humanizado!

Marque seu Exame - IMEB
Marque seu Exame no IMEB – Imagens Médicas de Brasília

Core Biopsy recuperação: cuidados após o procedimento

Na maioria dos casos, a recuperação da core biopsy é tranquila. Porém, para evitar que possíveis complicações surjam, são recomendados alguns cuidados, como:

  • Repouso nas primeiras horas após a realização do exame de core biópsia da mama;
  • Não se deve molhar o curativo nas primeiras 24h;
  • Após as primeiras 24h, deve-se trocar o curativo todos os dias;
  • Não é recomendado realizar exercícios físicos durante 3 dias;
  • Nos dias seguintes à core biópsia, a paciente deve utilizar roupas confortáveis.

Durante o período de recuperação, podem surgir hematomas simples, inchaço na mama ou dores leves no local, mas são sintomas comuns e considerados normais após a realização do exame.

Porém, caso a paciente apresente sintomas anormais, como febre alta, vermelhidão ou sangramentos, é recomendado que procurar o médico o mais rápido possível.

Resultado da Core Biopsy

Geralmente, o resultado da amostra coletada pela core biopsy leva um tempo médio de 10 a 15 dias úteis para ser liberado pelo laboratório. Porém, esse prazo pode ser maior em alguns casos, a depender do laboratório que fará a análise ou do tipo de tecido coletado (amostras com mais tecido adiposo levam mais tempo para serem processadas, como é o caso das mamas).

Após receber o resultado da amostra coletada pelo laboratório, o paciente deve levá-lo à clínica onde realizou a core biopsy, para conseguir o laudo final do médico. No IMEB, esse laudo final é liberado para o paciente em até 2 dias úteis.

Leia também: Qual a validade de um exame de imagem? e O que faz do IMEB referência em diagnóstico por imagem?

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Combate ao câncer

10 de agosto de 2016

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas