Hepatomegalia: o que é, sintomas, causas e tratamentos! - IMEB

Hepatomegalia: o que é, sintomas, causas e tratamentos!

Embora não se possa dizer que a hepatomegalia seja uma doença, ela certamente é um indício de que algo no seu organismo – no fígado, especificamente – não está em perfeito funcionamento. 

Mas afinal, o que é a hepatomegalia, quais seus sintomas, causas e tratamentos? 

Confira abaixo o artigo que preparamos especialmente para sanar suas dúvidas sobre o assunto. 

Boa leitura! 

O que é hepatomegalia?

O aumento do fígado para além do seu tamanho normal, independentemente da causa, é conhecido como hepatomegalia. Esse sintoma geralmente indica a presença de alguma doença associada ao órgão (hepatopatias), como a hepatite. 

Por este motivo, e pelo fato do fígado exercer diversas funções primordiais para o funcionamento do organismo – como a produção da bile, do colesterol, de hormônios, entre outros –  a hepatomegalia deve ser tratada sem demora.

O exame físico conduzido pelo médico especialista pode ou não ser suficiente para identificar o inchaço do fígado. Em estágios iniciais da hepatomegalia, ele pode ser menos eficaz. O exame consiste no toque, seguido da inspiração profunda do paciente, a fim de encontrar alguma anormalidade. 

Quando há suspeita de fígado aumentado, o diagnóstico é auxiliado pelos exames de imagem, tais como a tomografia, bem como pelos sintomas descritos pelo paciente.  

Tipos de tomografia e quando esse exame pode ser indicado

Quais os sintomas da hepatomegalia

Inicialmente, a hepatomegalia não costuma causar sintomas. Vale lembrar que ela própria não é uma doença, e sim uma consequência de hepatopatias. Entretanto, quando o inchaço no fígado torna-se considerável é possível que haja:

  • Falta de ar;
  • Icterícia (pele amarelada);
  • Perda de peso;
  • Enjoo;
  • Vômito com sangue;
  • Fezes escuras ou com sangue;
  • Dor abdominal (especificamente no quadrante superior direito);
  • Cansaço;
  • Inchaço dos pés e pernas

👉 Influenza H3N2: sintomas e tratamento!

Causas da hepatomegalia

A hepatomegalia pode ter diversas causas, entre elas: 

  • Doenças hepáticas associadas ou não ao abuso de álcool: cirrose, hepatites virais, hepatite tóxica, amiloidose, doença de Wilson, cistos no fígado, hemocromatose, entre outros. 
  • Neoplasias (tumores que se dão por crescimento celular): leucemia, câncer de fígado, linfoma, metástase de tumores de outros órgãos. 
  • Doenças cardiovasculares, tais quais: Síndrome de Budd-Chiari, pericardite, insuficiência cardíaca.

Tratamentos e prevenção

Para tratar a hepatomegalia, é preciso descobrir primeiro qual é a sua causa. Feito isso, o tratamento adequado será realizado especificamente para a doença responsável por provocar o fígado aumentado. 

Já a prevenção consiste fundamentalmente em cultivar hábitos saudáveis de vida, como: uma boa alimentação (pobre em gorduras) e consumo moderado de álcool (caso haja uma doença no fígado preexistente, suspender a bebida).

Além disso, a prevenção das hepatites tipo A, B e C são primordiais. Você sabia que julho é o mês de luta contra as hepatites? Continue a leitura e saiba mais!

Estudos sugerem que tirar mês de ‘férias’ do álcool faz bem para a saúde

Julho Amarelo: mês de luta contra as hepatites!

A hepatite trata-se de uma inflamação do fígado, e pode ter várias causas: de infecções virais ao consumo de álcool, drogas e certos medicamentos, bem como de doenças autoimunes a genéticas, ou metabólicas.

O Julho Amarelo dedica-se especificamente à prevenção das hepatites virais. Você as conhece? São elas a hepatite A, B, C, D e E.

Atualmente, temos vacinas que cobrem a hepatite A – ligada diretamente às condições de saneamento básico – e a B, cuja transmissão se dá pelo sangue e via sexual. Como a hepatite D afeta apenas os infectados pela hepatite B, a vacina desta também protege contra o tipo D.

Enquanto isso, a hepatite C, transmitida pelo sangue, é hoje a maior epidemia humana.  E a hepatite E, transmitida por via digestiva, representa um risco maior a mulheres grávidas. 

Seja qual for o tipo de hepatite viral, o que você precisa é se prevenir: fique em dia com as suas vacinas, use preservativos nas suas relações sexuais, não compartilhe objetos íntimos ou que tenham entrado em contato com sangue, e tenha cuidado com ambientes que não possuem boas condições de saneamento básico e higiene. 

Além disso, mantenha o acompanhamento médico regular, com a realização de exames laboratoriais e de imagem

Hepatite: o que é, tipos, sintomas, diagnóstico e tratamento

Para sua saúde, IMEB!

Como vimos neste artigo, a hepatomegalia é um aumento anormal do fígado, que indica muitas vezes alguma enfermidade hepática, cardíaca ou mesmo uma neoplasia no organismo.  

Nem sempre é percebida pelo exame de toque físico clínico, por isso, quando o médico especialista suspeita de que se trate de uma hepatomegalia, costuma pedir um exame de imagem, como a tomografia computadorizada ou a ecografia de fígado, para confirmação ou descarte da possibilidade.

No IMEB, oferecemos uma ampla gama de exames de imagem, incluindo a tomografia computadorizada e a ecografia de fígado, utilizados para a detecção da hepatomegalia.

Contamos com profissionais altamente qualificados e atendimento humanizado para oferecer a você tranquilidade e segurança durante a realização dos exames.

Caso você esteja em Brasília ou Entorno e tenha exames de imagem solicitados, agende seu exame agora mesmo!

QUERO AGENDAR MEUS EXAMES NO IMEB

Por: IMEB / Categoria: Saúde e Bem-estar

11 de julho de 2022

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas