Como Manter a Saúde Mental na Quarentena do Coronavírus? - IMEB

Como Manter a Saúde Mental na Quarentena do Coronavírus?

Além de se informar melhor sobre a doença e seguir as recomendações preventivas, é fundamental também entender sobre os impactos da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) no psicológico da população. Como está a sua saúde mental na quarentena?

Você tem se percebido mais ansioso(a)? Você está com medo de ser contaminado(a) pelo vírus ou da doença afetar pessoas ao seu redor? O isolamento social está afetando o seu emocional? Tem se sentido sozinho(a)? Como você tem lidado com a incerteza sobre o futuro?

Todas essas situações geram uma grande pressão psicológica, junto à necessidade de isolamento social e aos sentimentos de abandono e rejeição.

Pensando nisso, o Dr. Renato Barra, médico do IMEB (Imagens Médicas de Brasília), preparou um vídeo especial com dicas de como manter a saúde mental durante a quarentena do Coronavírus e procurar ficar bem nesse período difícil, mas necessário.

Assista ao vídeo abaixo e continue acompanhando o artigo em seguida para mais informações. 

O IMEB reforça que você não está sozinho. Estamos todos juntos na quarentena e é essencial ajudarmos uns aos outros nesse momento.

5 Dicas de Como Manter a Saúde Mental em meio à Quarentena do Novo Coronavírus

Além da preocupação com a saúde física, com as pessoas do grupo de risco (como idosos), com empregos e a vida social, também é fundamental cuidar da saúde mental em tempos de quarentena. 

Confira abaixo 5 dicas para minimizar o medo, a insegurança, controlar o estresse e a ansiedade nesse período.

1 – Cuidado com o excesso de informações negativas sobre o Coronavírus

O excesso de notícias pode causar ansiedade e estresse em meio à quarentena, especialmente as informações negativas e os cenários mais pessimistas sobre a pandemia.

Por isso, procure ter mais cuidado com a quantidade e a qualidade da informação que você tem acesso. 

Uma boa dica é separar horários ou momentos específicos do seu dia para acompanhar as notícias e se atualizar

E vale sempre reforçar: cuidado com fake news. Procure consumir conteúdos de fontes confiáveis e checar as informações que recebe.

O IMEB preparou uma cartilha completa e gratuita com tudo que é necessário saber sobre o novo Coronavírus (Covid-19). Assim, você confere todas as principais informações em um só lugar e evita o excesso de informações. Baixe agora mesmo aqui.

2 – Use as rede sociais para se manter próximo daqueles que ama

As redes sociais também podem colaborar para o excesso de informações e afetar a saúde mental. Por isso, busque utilizá-las melhor a seu favor neste momento para manter o contato com amigos e familiares, mesmo à distância.

Aplicativos que permitem realizar videochamadas, como Skype, Hangouts e até mesmo o próprio WhatsApp, são de grande ajuda para minimizar a sensação de solidão na quarentena.

3 – Seja solidário com quem mais precisa

É comum que o sentimento de impotência ou até mesmo o tempo ocioso afetem a saúde mental na quarentena. Por isso, uma boa dica é procurar ajudar quem mais precisa de assistência neste momento.

Por exemplo, muitos idosos, por pertencerem ao grupo de risco do Covid-19, estão evitando ao máximo sair de casa e enfrentando dificuldades para ir atrás de mantimentos.

O que acha de ajudá-los nisso e ir ao supermercado fazer compras por eles, ou buscar os seus remédios na farmácia?

A sensação de que está colaborando para que a quarentena seja menos complicada para uma pessoa também pode te ajudar a se sentir melhor nesse período.

4 – Procure realizar atividades que você goste e que te façam relaxar

A principal dica para manter a saúde mental na quarentena é cuidar um pouco mais de você. Isso significa se concentrar mais em fazer coisas que te fazem bem e que você goste, para levantar o astral.

Praticar um hobby, por exemplo, é de grande ajuda. 

Também é importante praticar atividade física, mesmo em casa, além de meditar, para ajudar a relaxar no dia a dia.

Tem sentido mais dores nas costas nesse período? Leia também:

5 – Crie uma rotina

Outro ponto que está afetando a saúde mental de muitas pessoas é a mudança brusca na rotina provocada pela quarentena — ou até mesmo a falta de uma. Por isso, procure estabelecer ou readaptar o seu dia a dia para essa nova realidade.

Determine um horário certo para acordar, por exemplo, como estava acostumado no trabalho ou em outras responsabilidades antes da crise. 

Outras boas dicas são tomar um bom café da manhã todos os dias, vestir roupas confortáveis, além do pijama, fazer refeições saudáveis e programar um horário para leitura de assuntos de seu interesse.

É importante reforçar que a ajuda profissional é sempre bem-vinda e recomendada nesses momentos. Por isso, caso esteja com dificuldades para lidar com a quarentena e perceba que a sua saúde mental está sendo afetada, procure um apoio psicológico profissional.

Recomendações da OMS para manter a saúde mental na quarentena

Assim como as orientações para controlar a pandemia e evitar a disseminação do novo Coronavírus (Covid-19), a OMS (Organização Mundial da Saúde) também preparou um guia especial com cuidados para a saúde mental durante a quarentena.

O material é direcionado a toda a população (geral, profissionais da saúde, líderes, cuidadores de crianças e pessoas do grupo de risco).

Entre as principais recomendações, o guia indica orientações como:

  • Praticar a empatia e a solidariedade;
  • Voltar-se para o autocuidado (alimentação, apoio emocional, atividades físicas, relaxamento, sono, contato social);
  • Procurar informações sobre a pandemia em veículos de notícias confiáveis;
  • Evitar consumir conteúdo excessivamente;
  • Mudar a forma de se referir aos infectados pelo novo Coronavírus para “pessoas com covid-19”, ao invés de “casos de covid-19” ou “vítimas”, para não reforçar estigmas em torno da doença;
  • Evitar consumo de tabaco, álcool e outras drogas;
  • Procurar manter uma rotina, adaptada ao cenário atual.

Para conferir as demais recomendações da OMS para manter a saúde mental na quarentena, acesse esta matéria do portal ONU News.

Além disso, vale lembrar que o Ministério da Saúde brasileiro disponibiliza um canal oficial para esclarecimento de informações sobre o Coronavírus. Em caso de dúvidas, ligue 136.

 

Leia também estes outros conteúdos sobre o assunto:

 

 

 

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Coronavírus

22 de abril de 2020

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas