Especialistas dão dicas para quem sofre com dor no ciático - IMEB

Especialistas dão dicas para quem sofre com dor no ciático

A dor no ciático dura cerca de seis semanas. Se a dor persistir por mais de 3 meses, é sinal de que se tornou crônica

Imagem relacionada

O nervo ciático sai da coluna, passa pelo bumbum e inerva as pernas. Quando comprimido, inflama e gera dor. As causas mais comuns da dor no ciático são a hérnia de disco (quando o disco da coluna se rompe. Na maioria das vezes é um pinçamento leve e melhora em seis semanas) e síndrome do piriforme, músculo que fica no bumbum (quando se contrai, pode pinçar o nervo, causando a inflamação e dor).

A dor no ciático dura cerca de seis semanas. Quando isso não acontece, existem tratamentos com anti-inflamatório e analgésico, radiofrequência, injeção de anestésico, fisioterapia analgésica (dor crônica) e fisioterapia fortalecedora (após a dor crônica). A hérnia de disco deve ser tratada quando há sintomas.

Fatores de riscos do nervo ciático

A dor no nervo ciática (ou Ciatalgia), que piora bastante a noite, possui diversos fatores de risco, tais como:

– OBESIDADE: Se o corpo estiver com o peso acima do limite recomendado poderá aumentar a pressão sobre a coluna vertebral, sobrecarregando músculos e ligamentos e gerando dores nas costas, além de outras complicações como a dor ciática;

– ENVELHECIMENTO: o avanço da idade provoca mudanças naturais na coluna vertebral que poderão contribuir para a irritação do nervo ciático;

– SEDENTARISMO: a ausência de exercícios físicos acaba enfraquecendo a musculatura de sustentação da coluna, tornando-a suscetível a dores lombares e o consequente surgimento da dor no nervo ciático;

– GRAVIDEZ: a fase resulta em modificações na anatomia da coluna vertebral, viabilizando a compressão do nervo ciático.

É muito comum quem sofre de dor na coluna tomar muito medicamento sem a indicação do médico. Entretanto, eles podem mascarar um problema mais sério e piorar a dor. Se a dor persistir por mais de 3 meses, é sinal de que se tornou crônica. O excesso de anti-inflamatórios pode ainda prejudicar o estômago, o intestino, o fígado, e, principalmente, os rins.

De acordo com a fisioterapeuta, na fase aguda da dor, não devemos alongar o corpo. Se a dor for leve, tudo bem. Estabilizar os músculos da coluna ajuda a evitar dores. Os exercícios de fisioterapia soltam a musculatura, acomodam as articulações, fortalecem e estabilizam a musculatura.

O que causa inflamação no nervo ciático?

A dor ciática é causada por uma pressão no nervo ciático. O motivo mais comum de dor nesse nervo é a hérnia de disco, outra causa menos comum, é a compressão do nervo ciático, isso ocorre em esportistas e corredores que tendem a aumentar o volume do músculo.

Marque seu Exame - IMEB
Marque seu Exame no IMEB – Imagens Médicas de Brasília

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Destaque Notícias

17 de agosto de 2017

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas