Check-up cardiológico: entenda quando fazer - IMEB

Check-up cardiológico: quando fazer

Doenças cardiovasculares podem ser silenciosas e, algumas vezes, os primeiros sinais de que algo está errado se manifestam apenas quando o coração já está bastante comprometido. Por isso, realizar exames regularmente é a melhor forma de identificar ou mesmo prevenir o aparecimento de problemas. Quanto antes você iniciar seu check-up cardiológico, mais fácil será diagnosticar possíveis doenças.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% das enfermidades que afetam o coração podem ser evitadas com mudanças simples no estilo de vida e com a inclusão de uma visita periódica ao cardiologista. Se você tem dúvidas sobre a necessidade de procurar um especialistas para avaliar a saúde de seu coração, então, este artigo é para você.

Acompanhe, a seguir, as recomendações para a realização do check-up e alguns exames que podem ser solicitados para identificar problemas no funcionamento cardíaco.

 

Leia também:

Como prevenir doenças cardíacas com pequenos atos?

 

Quem precisa fazer um check-up cardiológico?

Quando não há fatores de risco para doenças cardíacas, a recomendação é para que homens e mulheres acima de 40 anos realizem anualmente exames do coração. No entanto, em casos específicos, é preciso antecipar a consulta ao cardiologista. É indicado que os exames comecem a ser feitos a partir dos 20 anos se o paciente tem histórico familiar de infarto ou morte súbita, é hipertenso, obeso, diabético ou fumante ou se tem colesterol e triglicerídeos elevados.

Veja, a seguir, a recomendação das Sociedades Americana, Canadense e Brasileira de Cardiologia, em relação à idade do paciente, caso não haja fatores de risco:

  • Aos 20 anos: verificação de pressão arterial e taxas de colesterol;
  • Dos 20 aos 40 anos: avaliações a cada três anos;
  • A partir dos 40 anos: avaliação cardiológica anual.

O check-up também é recomendado para sedentários que vão iniciar uma atividade física, independentemente da idade. Essa é a única forma de identificar se o impacto do exercício não será um risco para o coração.

 

Sinais de que você deve procurar um cardiologista

Além de todos os fatores descritos acima, há alguns sinais de alerta para procurar um cardiologista e realizar exames. Entre os sintomas que não devem ser ignorados, estão:

  • Falta de ar;
  • Dor no peito;
  • Ponta dos dedos azuladas;
  • Palpitação ou coração acelerado;
  • Fraqueza ou cansaço sem causa aparente;
  • Tontura;
  • Pernas inchadas.

Todos esses sintomas podem indicar uma doença cardiovascular e, por isso, exigem atenção. 

Exames que podem ser solicitados em um check-up cardiológico

No check-up cardiovascular, o médico realiza, primeiramente, um exame clínico, investigando sobre a saúde, os hábitos de vida, possíveis fatores de risco e outras características do paciente. 

Para concluir a avaliação, ele pode solicitar exames laboratoriais e complementares que auxiliam na identificação de possíveis problemas cardíacos ou circulatórios e também de riscos para desenvolver alguma doença do coração. Geralmente, os exames são simples, indolores e levam poucos minutos para serem feitos.

Conheça alguns exames que podem complementar o diagnóstico clínico:

 

Eletrocardiograma

Analisa a atividade elétrica do coração para verificar o ritmo, a quantidade e a velocidade de suas batidas. Auxilia no diagnóstico de problemas como arritmia cardíaca, infarto e aumento do coração.

 

Ecocardiograma

Avalia o fluxo sanguíneo, estrutura e funcionamento cardíaco, artérias, músculo e válvulas do coração.

 

Teste ergométrico

Verifica o comportamento do coração em esforço, a partir de dados como frequência, ritmo e pressão arterial.

 

Holter

Como um complemento do eletrocardiograma, registra as alterações cardíacas do paciente por, no mínimo, 24 horas.

 

Escore de Cálcio Coronariano

Avalia e quantifica a presença de cálcio nas artérias do coração.

 

Cintilografia de Perfusão Miocárdica

Analisa o funcionamento do coração, principalmente em áreas específicas em processo de obstrução.

 

Angiotomografia das Coronárias

Usa a tomografia computadorizada para verificar dentro dos vasos do coração o surgimento de possíveis placas calcificadas e de gordura.

 

Ressonância Magnética Cardíaca

Faz um registro tridimensional do coração com detalhes sobre a atividade do músculo cardíaco e o fluxo sanguíneo na área, sendo considerada, atualmente, o mais moderno entre os exames de imagem. 

No vídeo abaixo, o Dr. Renato Barra, médico e especialista em Medicina Nuclear do Imeb, apresenta os quatro últimos exames da lista, não tão conhecidos, mas essenciais para uma avaliação completa da saúde cardiovascular. Assista:

 

Não adie seu check-up

Muito mais do que um simples conjunto de avaliações médicas, o check-up cardiológico é um aliado de sua saúde e pode ajudar a prevenir uma série de doenças. Então, não negligencie as consultas ao cardiologista, pois o adiamento de exames pode trazer riscos à sua saúde.

Então, se você tem solicitações de exames feitas pelo seu médico, não adie mais. Agende com o Imeb, sem sair de casa, pela nossa plataforma on-line.

Para saber mais sobre problemas do coração, leia o e-book Doenças Cardíacas Mais Comuns.

ebook doenças cardíacas imeb
Baixe agora mesmo o nosso E-Book “Doenças Cardíacas Mais Comuns e Como Evitá-las” e previna-se. É gratuito!

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Saúde do Coração

26 de agosto de 2020

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas