Check-up na quarentena: 5 riscos do adiamento de exames | IMEB

Check-up na quarentena: 5 riscos do adiamento de exames

Check-up na quarentena, Check-up na quarentena: 5 riscos do adiamento de exames

Pandemia, coronavírus e Covid-19 são as palavras do momento, mas, apesar dos riscos conhecidos dessa nova situação, é importante ter em mente que há muitas outras doenças com as quais devemos nos preocupar. Por isso, embora existam atualmente algumas normas para acesso a clínicas, postos de saúde e hospitais, adiar exames importantes e interromper o tratamento de enfermidades que exigem acompanhamento podem causar complicações sérias para a saúde.

De acordo com a Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (Abramed), a procura por serviços de diagnóstico e ambulatoriais caiu cerca de 40% nesse período de pandemia, o que indica que muitas pessoas estão esperando a situação normalizar para voltar aos consultórios. Mas, como ainda não se sabe quando isso acontecerá, é preciso avaliar o risco de adiar indefinidamente a consulta ao médico por receio de realizar um check-up na quarentena.

O momento pede ainda mais cuidados com a saúde e negligenciar a prevenção, agora, significa se expor a riscos desnecessários. Então, se você não realiza seus exames preventivos há mais de um ano, este artigo é para você. Acompanhe as orientações e não deixe de colocar na agenda uma visita ao seu médico.

  • Veja alguns exames que devem estar na sua lista:

Check-Up: principais exames para mulheres e homens

 

Quais os riscos de adiar um check-up na quarentena?

 

1 – Diagnóstico tardio

Você já deve ter ouvido muitas vezes sobre a importância de identificar algumas doenças o quanto antes para obter melhores resultados no tratamento, não é? E esse é um excelente motivo para que você não deixe de realizar exames preventivos, pois muitas doenças chegam de forma silenciosa e podem evoluir para quadros mais sérios sem o acompanhamento adequado.

É o caso, por exemplo, do câncer de mama. A mamografia é um dos exames que não pode ser negligenciado pelas mulheres, pois é essencial na detecção de um tumor maligno e o diagnóstico precoce possibilita chances de cura de até 95%. Adiar esse tipo de exame, por outro lado, pode fazer com que a doença só seja descoberta em um estágio já adiantado. O mesmo vale para os exames ginecológicos, que devem ser realizados todos os anos.

Mas, se a sua preocupação é realmente com o coronavírus, saiba que o check-up também pode ajudar a identificar a Covid-19 no início da infecção. Como você sabe, muitos pacientes não manifestam sintomas. Nesses casos, exames como a tomografia de tórax têm sido usados no diagnóstico, possibilitando ações mais rápidas da equipe médica.

 

2 – Complicações causadas por pressão alta

De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 30% da população brasileira adulta têm hipertensão (pressão alta) e quase metade não sabe disso, o que aumenta os riscos de complicações, como infarto, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e a própria Covid-19, já que doenças cardiovasculares não aumentam as chances de contrair o vírus, mas podem contribuir para a evolução para quadros mais graves.

Além disso, pessoas hipertensas precisam de tratamento contínuo para manter a pressão sob controle e a medicação precisa ser revisada eventualmente, com dosagens diminuídas ou aumentadas, o que exige acompanhamento médico. Sem os exames de rotina, não é possível fazer esses ajustes.

 

3 – Problemas relacionados a maus hábitos

Consumir grandes quantidades de sódio, gordura e açúcares, aliado ao sedentarismo da quarentena, pode resultar em problemas de saúde que você vai descobrir apenas com exames. É o caso do aumento da glicemia, que pode causar diabetes; do colesterol, que pode levar a infarto e AVC; e do ácido úrico, causador de problemas renais.

Nesse ponto, manter seu check-up em dia garantirá um termômetro atualizado quanto às suas taxas e poderá promover mudanças importantes em sua rotina.

 

4 – Agravamento de doenças

O check-up anual é recomendado para todos, mas, para algumas pessoas em condições especiais, esse acompanhamento é fundamental. Pacientes oncológicos e doentes crônicos, por exemplo, devem manter em dia suas consultas ou terapias, para evitar o risco de descompensar a doença, resultando em uma internação. Da mesma forma, pacientes imunodeprimidos, incluindo receptores de transplante e portadores de HIV, não podem descuidar de seus tratamentos para evitar a piora do quadro e para não ficarem expostos a outras doenças, incluindo a Covid-19.

 

5 – Transtornos psicológicos e psiquiátricos

Cuidar da saúde mental é tão importante quanto cuidar da saúde física, principalmente em momentos de stress como uma pandemia. Por isso, não hesite em procurar, além de seus especialistas habituais, também um psicólogo ou psiquiatra para identificar possíveis quadros de depressão e ansiedade, por exemplo.  

Leia também: Ansiedade: 8 sinais que merecem atenção

Quem já está fazendo um tratamento psiquiátrico também precisa manter suas consultas, exames e medicação em dia. Abandonar o acompanhamento, durante a quarentena pode gerar descompensações cerebrais que comprometem a evolução do paciente e as conquistas que já havia alcançado, além de aumentar as chances de surto.

 

Clique aqui para ler algumas dicas de como manter a saúde mental na quarentena.

 

Exames com segurança

Depois de conferir todos os riscos de adiar seu check-up na quarentena, você pode estar em um impasse: mas, como vou ao médico sem me expor ao novo coronavírus? A resposta está nas regras de segurança adotadas por hospitais, clínicas e centros de diagnóstico desde o início da pandemia. No Imeb, por exemplo, a higienização dos ambientes está mais rigorosa e o intervalo entre os exames está maior, para evitar aglomerações.

No vídeo abaixo, o Dr. Renato Barra, médico e especialista em Medicina Nuclear, explica todos os cuidados que o Imeb está tomando para garantir a segurança de seus pacientes:

 https://www.youtube.com/watch?time_continue=2&v=d9ppN8e626o&feature=emb

Faça a sua parte

Veja, a seguir, algumas orientações de como você pode realizar seus exames, sem deixar de contribuir para a prevenção do coronavírus:

  • Use máscara;
  • Lave as mãos ou use álcool em gel ao chegar e sair do local;
  • Evite tocar em seu rosto e em outras pessoas;
  • Mantenha distância de outros pacientes enquanto espera pelo exame;
  • Seja pontual para evitar aglomeração de pessoas na recepção.

 

 Leia também:

6 cuidados com a coluna durante o home office

 

Com esses cuidados, é possível realizar seu check-up na quarentena. Então, se você tem solicitações de exames feitas pelo seu médico, não adie mais. Aqui no Imeb, estamos preparados para lhe atender.

Para garantir ainda mais segurança e praticidade para você, oferecemos a opção de agendamento online, sem que precise sair de sua casa. Clique aqui para agendar.

Check-up na quarentena: 5 riscos do adiamento de exames

Fale conosco

Deixe sua mensagem aqui.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?

IMEB -- 2018 © Copyright
Responsável Técnico: Alaor Barra Sobrinho - CRM-DF 3029