Como ter uma vida saudável em 8 passos - IMEB

Como ter uma vida saudável em 8 passos

Nesse artigo iremos dar a você dicas importantes e fundamentais de como ter uma vida saudável.

No mundo corrido em que vivemos hoje, pode ser difícil cuidar da saúde às vezes, não é mesmo? Mas saiba que é muito importante parar de vez em quando para verificar como anda a sua saúde e adotar hábitos de vida saudável diários para manter o seu corpo sempre funcionando bem.

Separamos 8 passos para que você tenha uma melhor qualidade de vida e seja mais feliz. Acompanhe!

1. Tenha uma alimentação saudável

O primeiro passo para ter uma vida saudável, e que deve te acompanhar durante toda a sua vida, é manter uma boa alimentação. Além dela te proporcionar mais energia e manter o organismo funcionando bem, uma dieta equilibrada também pode prevenir muitas doenças, desde as mais comuns até as mais graves, como o câncer.

Recomenda-se que os alimentos altamente calóricos e saturados sejam reduzidos, dando prioridade para comidas in natura, ou minimamente processados. Procure ter um cardápio variado e colorido sempre que possível, com ingestão de muitas frutas, verduras e legumes ao longo da semana.

E lembre-se: beber muita água também faz parte de uma boa alimentação! Ainda, mastigue devagar os alimentos e procure não assistir TV ou mexer no celular enquanto come. O motivo? Seu cérebro processa melhor a digestão e traz uma maior sensação de saciedade, evitando que você sinta fome logo depois.

Leia também:

Dor nas costas: possíveis causas e como contornar

TOP 6 melhores alimentos do mundo para a saúde

Má alimentação: consequências, riscos e doenças que pode causar

Por que manter uma alimentação saudável ajuda a prevenir o câncer?

2. Pratique atividades físicas regularmente

A prática regular de atividades físicas também deve fazer parte da sua rotina durante toda a sua vida. Além de ser uma ótima estratégia para combater o sedentarismo, a atividade física traz uma série de benefícios para o praticante, como: melhora na circulação sanguínea, fortalecimento do sistema imunológico, aumento do metabolismo, perda de peso, e ainda a prevenção e o combate de diversas doenças, como as cardíacas.

Escolha uma atividade que você goste e que combina mais com seu estilo. Fazer uma caminhada, correr no parque, praticar natação, boxe, musculação, pular corda, são algumas das várias opções de atividades que têm um alto impacto positivo na saúde do seu corpo e até da mente.

Estudos comprovam também que a prática de exercícios físicos, principalmente após longas horas de estudo ou de trabalho, melhoram a retenção do aprendizado, reduzem o estresse, e ainda ajuda a pessoa a ter novas ideias, estimulando a sua criatividade.

Leia também:

Alimentação e atividade física: o combo que preserva sua saúde

3. Cuide da sua saúde mental

Praticar exercícios físicos regularmente também pode ajudar a prevenir e tratar doenças psíquicas, como a depressão e a ansiedade. É uma forma eficaz de se manter ocupado, útil e ativo, uma vez que essas doenças podem reduzir a atuação dos neurotransmissores do cérebro, resultando em quadros de tristeza profunda, perda de apetite, alterações no ciclo de sono, baixa autoestima e até em pensamentos suicidas.

As doenças mentais são vistas hoje como o mal do século, já atingindo 10% da população em todo o mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a depressão será a doença mais incapacitante do planeta até 2020. Já no Brasil, cerca de 6% da população sofre com esse problema, o que corresponde a um total de 11,5 milhões de pessoas.

Um fator comum que está associado às doenças psíquicas é o estresse causado pela rotina agitada dos dias de hoje. Por isso, é muito importante que seja dada uma atenção especial à saúde mental.

Procure ajuda de um psicólogo caso sinta algum sintoma que indique um possível quadro depressivo, para que a causa seja identificada e tratada da forma correta. E evite também que essas doenças apareçam: faça mais atividade prazerosas, alimente-se, durma por pelo menos 7 horas diariamente, e evite se estressar por coisas desnecessárias.

4. Realize exames preventivos periodicamente

Para ter uma vida saudável a longo prazo, é muito importante observar o próprio corpo (como dores e irregularidades em alguma parte do corpo e até mesmo a cor da urina), e realizar exames preventivos periodicamente. É por meio deles que você pode verificar se todo o seu corpo está em bom estado e funcionando bem.

Os exames mais comuns e que, em geral, todos podem fazer a partir dos 20 anos, são:

  • Exames de Colesterol, Hemograma e Glicemia;
  • Teste ergométrico para o coração;
  • Exame de Ácido Úrico para medição do metabolismo;
  • Exames de fezes e urina

Importante: mulheres precisam tomar um cuidado especial, pois precisam realizar alguns exames específicos, a começar pelo autoexame das mamas. Exames como Papanicolau, Ultrassonografia pélvica e Ultrassom das Mamas são alguns dos exames que, de modo geral, toda mulher deve fazer anualmente.

5. Durma bem todos os dias

Para alcançar um estilo de vida saudável, ter um sono tranquilo e reparador é fundamental. Recomenda-se dormir entre 7 e 8 horas por noite. Para isso, procure sempre ir dormir todos os dias no mesmo horário para habituar-se e não ter problemas com falta de sono. Dormir pouco durante a semana e compensar no sábado e domingo não é um hábito saudável.

dormir-bem

Antes de dormir é importante desligar os aparelhos eletrônicos como celular e televisão pois esse tipo de atividade pode condicionar o seu cérebro a manter-se desperto e atrapalhar a qualidade do seu sono. O mesmo vale para alimentação: não é bom ir dormir logo após ter jantado e nem de estômago vazio, uma vez que ambas situações podem prejudicar a qualidade da sua noite de descanso.

6. Beba água

Hidratação é fundamental para quem deseja ter uma vida cheia de saúde. Os benefícios de se beber água todos os dias em boa quantidade são diversos: a água não é responsável somente pela hidratação do corpo. Ela também ajuda a regular a temperatura corporal e tem funções ligadas a desintoxicação, que ajudam a prevenir doenças ao eliminar as toxinas através da urina e fezes. Problemas como constipação intestinal muitas vezes são ocasionados pela falta de ingestão de líquidos, uma vez que as funções intestinais ficam prejudicadas.

Caso tenha dificuldade em criar o hábito de ingerir líquidos durante o dia, é importante lembrar que há alimentos que são ricos em água e também são uma opção para aumentar a hidratação. Inclua na sua dieta portanto alimentos como frutas, sucos de frutas naturais, verduras e legumes. É uma ótima maneira de consumir água sem perceber ao mesmo tempo que se está ingerindo inúmeros outros nutrientes.

7. Exercite o cérebro

Existem diversas formas de exercitar e estimular o nosso cérebro. Uma das melhores maneiras de fazer isso é se desafiando a fazer ou aprender algo novo.

Atividades como aprender um instrumento musical novo, jardinagem, aulas de arte ou estudar um novo idioma, aumentam a “flexibilidade” do cérebro. Esses hábitos e hobbies não apenas vão te desafiar, como irão estimular a interação social, que ajuda a exercitar nosso cérebro.

Alguns jogos de tabuleiro ou aplicativos de celular que exercitam a memória e o raciocínio também são ótimas opções.

8. Não pule o café da manhã

O café da manhã é a sua primeira refeição após um jejum prolongado, é por esse motivo que é preciso ter um cuidado especial e caprichar na escolha dos alimentos.

É bastante comum as pessoas se queixarem de que não sentem fome ao acordar e por isso decidem não ingerir nada no café da manhã. Estudos apontam que não tomar ou tomar um café da manhã demasiadamente pobre ao acordar aumenta as chances de se ganhar peso, além de ser um hábito pouco saudável uma vez que o organismo fica com deficiência de nutrientes para enfrentar o dia.  Recomenda-se que a primeira refeição do dia tenha uma boa variedade: frutas, para garantir vitaminas e minerais, alimentos de baixa ou moderada carga glicêmica e proteínas.

Quer saber mais? Então leia o artigo:

6 exames que toda mulher deve fazer anualmente

12 fatores de risco para problemas cardíacos

Marque-Exame-IMEB
Marque seu exame no IMEB!

Por: Dr. Renato Barra / Categoria: Saúde e Bem-estar

10 de abril de 2019

Conteúdos Relacionados

DICAS DE SAÚDE

Receba Dicas de Saúde Atualizadas